Sete dicas para ganhar tempo e ser mais produtivo em suas tarefas e atividades profissionais ou pessoais

Os leitores Willy Fog e Jônatas perguntaram, outro dia, se eu podia fornecer algumas dicas de como utilizar bem o tempo. Bem, eu estive pensando sobre esse assunto  nos últimos dias, e, apesar de não ser um especialista na área, aqui vai uma compilação de sete dicas que podem ajudar você a ter mais produtividade em suas tarefas diárias. 😀

Essas dicas para ganhar tempo envolvem energia – pois sem energia o uso do tempo acaba sendo sub-utilizado. E, para que a energia seja produzida e consumida nas doses requeridas para o cumprimento das atividades certas, é necessário estabelecer prioridades, dentro de um contexto onde suas emoções estejam sob controle, e, além disso, sejam canalizadas para o foco correto. Então, esse triângulo tempo-energia-prioridades acaba funcionando como a estrutura de sustentação básica a dar suporte a todos os demais compromissos do seu cotidiano.

1. Crie uma lista de tarefas. Eleger prioridades implica realizar escolhas. E realizar escolhas requer atitudes racionais, que sejam alvo de reflexão. Se você não tirar suas metas da mente e colocá-las no papel, irá ficar com a visão embaçada acerca de quais são os compromissos que deve cumprir, e em qual ordem de realização. Portanto, o primeiro passo é estabelecer uma lista de tarefas, que seja factível o suficiente para se tornar desafiadora, ou seja, compeli-lo à ação.

2. Fixe prazo para o cumprimento de algumas dessas metas. É fundamental que algumas dessas escolhas tenha prazo de duração voluntariamente determinado por você. Algumas, pela própria natureza do compromisso, já embutirão esse “compromisso com o relógio” de antemão – basta pensar em aulas, exames médicos etc. Mas há certamente um conjunto de atividades que dependem inteiramente de sua disponibilidade. Aliás, exclusivamente de sua disponibilidade. Por exemplo: leitura de livros e escrita de artigos para seu blog pessoal. Nesses casos, é de bom alvitre que você crie uma “pressão interna” saudável, que o obrigue a cumprir sua tarefa dentro de um prazo razoável pré-estabelecido.

Isso fará com que você ative circuitos cerebrais e biológicos responsável pela sensação de fluxo, fazendo, por via de consequência, seu tempo “voar”.

3. Concentre-se em uma tarefa de cada vez. A multitarefa não é, em si, de todo ruim, ao contrário do que costumam afirmar por aí, desde que ela seja realizada misturando atividades mecânicas com outras que exigem uso de atenção criativa. Por exemplo, você pode cozinhar e ouvir rádio ao mesmo tempo, ou escovar os dentes e ouvir os podcasts da CBN simultaneamente. Uma tarefa não prejudica a outra, pois sua atenção intelectual não está sendo dividida ao meio. Porém, quando se trata de atividades cognitivas, que exigem atenção do cérebro, não dá para fazer duas coisas ao mesmo tempo: ou você escreve o artigo para o blog, ou você faz a leitura do livro.

4. Durma cedo e acorde cedo. Para aproveitamento máximo de sua capacidade intelectual e potencial criativo, você deve ajustar seu relógio biológico com o relógio cronológico. Embora algumas pessoas tenham seus picos de energia em atividades noturnas, a maioria tem sua vida programada conforme os ciclos de luz natural, onde impera o ritmo dia-noite. Nesse caso, é fundamental que você durma bem, vá para cama cedo, e acorde igualmente cedo. Há, inclusive, um provérbio chinês que diz o seguinte:

“Ninguém que em 360 dias do ano acorde antes do amanhecer deixa de enriquecer a família”.

Não se engane: aqueles profissionais que estão triunfando nas respectivas carreiras estão trabalhando duro. E trabalhar duro significa, antes de qualquer coisa, levantar cedo. Xô, preguiça! 😀

5. Ganhe energia com uma alimentação nutritiva e balanceada. O cérebro, por óbvio, faz parte do seu corpo, e, como qualquer órgão humano, necessita de energia para cumprir suas funções biológicas. Alimentar-se adequadamente, com a dosagem correta de carboidratos, proteínas, fibras etc., é, dentro desse contexto, fundamental para conseguir ter um excelente desempenho nas atividades cognitivas. Faça a ingestão de alimentos que tenham valor nutritivo e contribuam para um ganho de energia nos momentos apropriados. E não se esqueça de beber líquidos, em temperatura ambiente!

6. Oxigene seu corpo: faça exercícios físicos. Loehr e Schwartz estão certos quando dizem que, como somos avaliados por aquilo que fazemos com a mente, o corpo muitas vezes fica negligenciado na equação de desempenho. Portanto, valorize a prática de exercícios físicos como ingrediente fundamental para a elevação de eficiência em suas atividades profissionais.  O corpo precisa se movimentar: ele foi concebido para isso, ainda que sua atividade se resuma a ficar sentado numa cadeira!

7. Relaxe. Como diz David Allen, só somos produtivos quando estamos relaxados. Estar relaxado, ter a mente “clara como a água”, parece ser um desafio e tanto nesse mundo frenético, barulhento e cada vez mais dinâmico e, às vezes, confuso. Mas é possível relaxar. Precisamos ouvir nossa voz interior antes de partirmos para as ações, precisamos ter a sensação de controle das coisas para podermos realizar as tarefas com desempenho e satisfação. Estar relaxado não significa fazer yoga todo dia, mas sim estar bem consigo mesmo e com os outros.  Você pode relaxar, por exemplo,  ouvindo música. Relaxar é ter paz de espírito. Focar naquilo que é importante. Agir sem procrastinar. Ir à luta não temendo os desafios. Fazer acontecer.

Conclusão

Produtividade não significa fazer duas horas virarem quatro horas, mas sim fazer as duas horas renderem como se fossem quatro. Ter consciência do momento presente e aproveitar as oportunidades são requisitos essenciais para uma vida mais plena e mais significativa. Para que você se sinta capaz de realizar tudo que lhe está programado, é preciso adotar um conjunto de atitudes que envolvam cuidados com sua vida nas dimensões biológica, mental, espiritual e emocional. Não é difícil, é apenas trabalhoso. Mas que vale a pena, ah, isso vale. 😉

É isso aí!

Um grande abraço, e que Deus os abençoe!

Print Friendly, PDF & Email

,

13 Responses to Sete dicas para ganhar tempo e ser mais produtivo em suas tarefas e atividades profissionais ou pessoais

  1. Rafael Vergani 21 de outubro de 2010 at 7:56 #

    Parabéns Guilherme,
    dicas muito boas.

    Abraço
    Rafael

  2. Guilherme 21 de outubro de 2010 at 8:36 #

    Obrigado, Rafael!

    É isso aí!
    Um grande abraço, e que Deus os abençoe!

  3. Jônatas 21 de outubro de 2010 at 9:05 #

    Valeu pelas dicas Guilherme,

    Fica com Deus!
    Abraço.

  4. Willy Fog 21 de outubro de 2010 at 9:31 #

    Valeu valeu Guilherme! 😛
    .
    Guilherme, volta e meia você comenta aqui no blog sobre o blog The Simple Dollar e outros blogs de língua inglesa. Seria possível você escrever um artigo falando um pouco sobre esses blogs, tipo o conteúdo abordado se aplica para nós que moramos no Brasil?? Quem sabe você poderia recomendar a leitura de alguns artigos interessantes na sua opinião que vale a pena serem lidos. E quem sabe você poderia nos contar o que cada um desses blogs influenciou a sua maneira de lidar com as finanças e como você descobriu esses blogs. É só uma sugestão.
    .
    Abcs

  5. Guilherme 21 de outubro de 2010 at 9:45 #

    Jônatas, obrigado!

    Willy, dica anotada! Vai ter uma edição temática do giro pelos blogs com esse assunto. 😀

    É isso aí!
    Um grande abraço, e que Deus os abençoe!

  6. Luis Otávio 21 de outubro de 2010 at 10:07 #

    Olá Guilherme, como vai ?
    Excelente matéria.
    Acho que o ponto principal é dormir bem, para os exercícios, para o estudo, para produtividade e até para o emagrecimento (vide veja dessa semana).
    Para a gestão de tempo, recomendo o programa neotriad.com.br ele é um organizador do Christian Barbosa (um dos autores do livro + Tempo + Dinheiro), estou usando o NeoTriad há 2 meses e cada dia o meu tempo é mais bem aproveitado.
    Um grande abraço.

  7. Ana Paula Martini 21 de outubro de 2010 at 12:04 #

    Bom dia Guilherme,

    Sigo seu blog diariamente, embora jamais tenha escrito uma palavra sequer(srrsr). Aliás nem aqui, nem em qualquer outro blog, site, etc. Mas enfim, lendo a Epóca dessa semana, me chamou atenção uma matéria sobre educação financeira para crianças, fazendo referencia ao programa The Money Camp. Qual sua opinião a respeito?
    Obrigada e Parabéns!!! Seu blog é excelente!!

  8. Henrique Carvalho 21 de outubro de 2010 at 13:39 #

    Excelente leitura!

    Grande Abraço Guilherme!

  9. Guilherme 22 de outubro de 2010 at 10:34 #

    Luis, obrigado, concordo com vc: dormir bem é fundamental! Nesse ponto, é uma legítima atitude do tipo “remar contra a maré”, pois vai de encontro ao que vemos por aí.

    Ana Paula, obrigado! O The Money Camp é uma ótima ideia para criar a cultura da educação financeira, principalmente para as crianças e adolescentes, uma vez que as lições aprendidas nessa fase da vida costumam se perpetuar para o resto da vida, e, quanto mais cedo se aprende, melhor.

    Henrique, valeu!

    É isso aí!
    Um grande abraço, e que Deus os abençoe!

  10. Mateus 24 de outubro de 2010 at 16:08 #

    Guilherme.

    Gostei das suas dicas, muito boas. Recomendo a leitura e até vale um post aqui no site, no livro Mais Tempo Mais Dinheiro, do Christian Barbosa e Gustavo Cerbasi. Estou as técnicas do Christian para gestão de tempo e posso afirmar que ganhei algumas horas no meu dia. Impressionante.

  11. Guilherme 24 de outubro de 2010 at 18:10 #

    Obrigado, Mateus!

    E a dica do livro já está anotada.

    É isso aí!
    Um grande abraço, e que Deus os abençoe!

  12. Rosana 6 de junho de 2014 at 7:37 #

    Guilherme,

    Muito bom o seu post!
    Experiência própria: quando determinamos com seriedade um tempo para fazer uma determinada atividade, acabamos conseguindo e muitas vezes ainda “sobra” algum tempo.

    “Produtividade não significa fazer duas horas virarem quatro horas, mas sim fazer as duas horas renderem como se fossem quatro.”
    Você disse tudo. Quando temos foco, disciplina e persistência, o tempo é muito melhor aproveitado.

    Abraços!

    • Guilherme 6 de junho de 2014 at 8:53 #

      Obrigado, Rosana!

      E com certeza o tempo melhor aproveitado acaba sendo uma consequência natural de um sistema de atividades bem executado.

      Abç

Deixe uma resposta

Powered by WordPress. Designed by Woo Themes