[Guest post] Os impactos financeiros da quarentena na vida de um casal: gastos que diminuem, gastos que aumentam

Dando sequência à excelente série de comentários que valem por um guest post, hoje trazemos como destaque o depoimento do leitor Engenheiro do Sertão, em que narra as peripécias na vida de um casal sobre os gastos que diminuem, e os gastos que aumentam, em épocas de pandemia e quarentena social.

A pedra de toque na vida do leitor é a busca por uma vida simples. É esse o eixo em torno do qual giram suas decisões e hábitos financeiros.

É interessante observar que ficar em casa proporciona não só diminuição evidente de gastos em áreas como transporte, celular e refeições fora de casa. Ele também proporcionar aumento de gastos em outras áreas, como energia elétrica, obrigando a reflexões também sobre a necessidade de controlar tais gastos que aumentam naturalmente.

Por outro lado, conseguimos também perceber a possibilidade de aumentar, por iniciativa própria, os gastos em determinados itens do orçamento doméstico, em coisas que podem valer a pena e trazer mais satisfação pessoal.

Confiram o depoimento completo abaixo!

…………………………………

“Engraçado que conversei com minha esposa há uns dias exatamente sobre esses pontos. Somos um casal sem filhos ainda, então conseguimos viver de maneira simples.

Carros

Atualmente temos dois carros na garagem: um deles é um popular, que estamos utilizando mais, outro é um importado antigo com GNV, que usava para pegar a estrada quase diariamente, e hoje está quase parado.

Pensamos em vender e ficar com apenas um carro, mas chegamos à conclusão de que ainda não é o momento.

Telefonia

Plano de telefone, eu gastava em torno de 48 a 60 reais mensais num pré pago, e ela gastava 70 reais. Mudamos para um plano mensal de 50 reais que atende as nossas necessidades: ligações ilimitadas no Brasil e alguns GBs de Internet.

A diferença no orçamento não será tão grande, mas nunca iria atrás disso caso estivesse em ritmo normal.

Em compensação, com a diferença do dinheiro assinei o YouTube Premium, que foi a melhor descoberta da quarentena… kkkk… não tem anúncios irritantes, e dá para ouvir só o áudio com a tela do celular desligada.

Cuidados pessoais

Roupas, salão etc.: já gastávamos pouco com isso, mas agora está praticamente zerado, a única diferença é que ela comprou uns xampus e cremes para cabelo “melhores” e diz ela que faz diferença (eu não consigo notar, mas segue o baile).

Eu fui no barbeiro há 1 mês e ainda estou aceitável, mas daqui a pouco o cabelo cresce e o jeito vai ser cortar em casa…. Aí mora meu medo… haha…

Viagens

Já tinha o dinheiro reservado para duas viagens, uma para 2020 e uma para 2021.

O dinheiro estava aplicado em Letras de Crédito Imobiliário, mas assim que vencer, vai para uma poupança destinada a gastos de saúde, para caso seja necessário utilizar e precise de liquidez imediata.

Energia elétrica

Um gasto que aumentou nessa quarentena foi com energia elétrica. Com mais tempo em casa utilizam-se mais os equipamentos elétricos, principalmente ar condicionado.

Eu trabalho com energia solar e tenho um sistema na minha casa desde 2016, e de lá para cá sempre pagava a taxa mínima da concessionária (18 reais). Nesse mês de abril subiu para 230 reais…

Vou aproveitar e fazer uma ampliação no sistema de energia solar aqui em casa”.

…………………………………

Parabéns ao leitor Engenheiro do Sertão pela iniciativa de realizar reflexões críticas sobre seus hábitos de consumo e perceber a possibilidade de otimizar seu orçamento doméstico, a partir da nova realidade vivida nessa época crítica para a nossa sociedade.

E você, tem realizado modificações em seus hábitos e gastos diários? Tem conseguido também, a exemplo do leitor, otimizar seu orçamento doméstico?

 

Print Friendly, PDF & Email

20 Responses to [Guest post] Os impactos financeiros da quarentena na vida de um casal: gastos que diminuem, gastos que aumentam

  1. Engenheiro Tardio 27 de abril de 2020 at 9:20 #

    Tenho passado por uma situação parecida, pois moro com minha namorada. Nós não temos carro (e nem pretendemos ter), e de fato os gastos com energia elétrica aumentaram consideravelmente. Uma coisa que tenho reparado é quanto aos gastos com supermercado: acredito que os produtos estão bastante caros, nosso gasto aumentou bastante e tenho questionado até que ponto realmente vale a pena cozinhar em casa. iFood praticamente todo dia libera cupons de desconto, que vão de R$5 até R$20. Temos cozinhado bastante aqui, mas financeiramente falando não sinto que há uma economia muito expressiva quando comparado com o pedido via delivery (apesar de que cozinhando em casa eu como bem melhor).

    • Guilherme 1 de maio de 2020 at 8:06 #

      Olá, Engenheiro, ótimo depoimento!

      Todo mundo sentiu um aumento nos gastos com supermercados. Vamos ver se a situação se normaliza nos meses seguintes, pois também muita gente comprou para fazer estoques.

      Quanto à economia de dinheiro, de fato nos apps pode se conseguir alguns descontos. Para economizar ainda mais com essa questão das refeições, acho que o ideal é montar um planejamento de cardápio para cozinhar em casa, optando por ingredientes que estejam em oferta nos supermercados, bem como optar por usar ingredientes que estejam sazonalmente mais em conta.

  2. paulo roberto de oliveira 27 de abril de 2020 at 11:05 #

    Eu e minha esposa estamos em isolamento, porque temos mais de 70 anos. Muitos gastos foram reduzidos, principalmente com alimentação, pois fazíamos refeições fora, já que podíamos variar os pratos todos os dias, sem muito trabalho. Hoje fazemos apenas um prato, que dura dois dias. Já dispensamos a diarista semanal, porque resolvemos dividir as tarefas durante a semana. Estamos comendo mais frutas, o que melhorou nossa saúde. Fazemos alguns exercícios de alongamento, para não ficarmos enferrujados, já que idoso tem tendência de sentar no sofá e ficar ali vendo tv o dia inteiro. Tenho usado mais o computador para conhecer coisas novas, que antes parecia não ter tempo.
    Mas o pior foi ter que contar apenas com uma parca aposentadoria, pois um aluguel comercial que recebíamos para completar nossa receita, teve de ser negociado pela metade, já que a inquilina tem um salão de estética, proibido de funcionar, por decreto. As aplicações financeira conservadoras baixaram a níveis quase zero ( fundos DI a 0,07% líquidos em março (este mês acho que dá uns 0,10% líquido).E, os 20% aplicados em fundos de risco (ações, multimercado, etc), deram prejuízos que reverteram o capital aplicado a nível de setembro do ano passado.Este mês também terei resultados negativos, mesmo tendo boa parte em LCI e mudando os fundos DI para CDB, com 100% do CDI. E olha que calculo o valor líquido, tirando o IOF, pois não irei mexer no período de incidência. Está difícil para quem tentou se previnir de dias de vacas magras, mas vai passar…

    • rodrigo 27 de abril de 2020 at 12:32 #

      Eis aqui a importância da diversificação! Com 70 anos ou mais, o pensamento predominante era o de comprar imóveis e viver de aluguel, imaginem vocês se estivessem 100% dependentes de aluguéis ???!!!

      Parabéns pela diversificação, pelos exercícios e por continuarem firmes na luta !

      Isso vai passar ! ;D

      • Guilherme 1 de maio de 2020 at 8:08 #

        Faço minhas as palavras do Rodrigo, eis aí a diversificação mostrando sua importância prática na época de crises!

        E pode ter certeza de que vai passar sim. O IBovespa de certa forma já está precificando isso, com essa arrancada nos últimos dias, e não obstante as turbulências políticas.

  3. Vania 27 de abril de 2020 at 17:23 #

    A quarentena trouxe de fato algumas mudanças no perfil dos gastos. Aqui em casa são dois adultos, eu e minha filha de 23 anos, ambas em home-office. Com o carro parado na garagem, as despesas de transporte foram a zero. As despesas de vestuário e estética, já normalmente bastante controladas, tambem foram a zero.
    Em compensação, os gastos em supermercado subiram bastante. Houve algum acrescimo nos preços, mas a verdade é que estou fazendo refeiçoes mais elaboradas. Com dias mais corridos, às vezes o jantar era só de frutas, ou alguma coisinha leve. Agora, dentro de casa o tempo todo, acabamos valorizando mais as refeições, e isso aumentou o custo. Em compensação, as refeições tem sido muito prazerosas, uma hora de conversa e descontração.
    Dispensei a diarista, mas continuo efetuando os pagamentos, então o gasto é o mesmo. Mas esse periodo tendo que fazer as tarefas domesticas está sendo bem útil, pque percebo que não é tão desagradável nem demorado assim. Depois que tudo isso passar, vou pelo menos espaçar bem as vindas da diarista, ou talvez cancelar totalmente.
    O gasto com lazer foi substituido por algumas compras delivery em lojas de material de construção. Estou aproveitando a quarentena para fazer pequenos consertos. Já fiz pequenos reparos e ajustes de marcenaria, lixei e pintei duas portas, troquei lampadas, adubei e renovei a terra dos vasos, e estou pintando o lavabo. Coisas que vão ficando para fazer um dia. Bom, o dia chegou…rsrsrs

    • Tatiana 30 de abril de 2020 at 14:25 #

      Vania,

      Gostei muito da sua ideia de pequenos reparos. Acredito que esse “gasto” traz uma satisfação em estar em casa…e sendo feito por voce diminui o que vc gastaria com mão de obra.

      • Guilherme 1 de maio de 2020 at 8:09 #

        Excelente depoimento, Vânia!

        E concordo com a Tatiana, tudo o que contribui para melhorar o ambiente da casa traz uma satisfação interna positiva.

  4. Camila 28 de abril de 2020 at 15:54 #

    Oi Guilherme! Mais um post excelente. Aqui em casa já levávamos uma vida simples e sem dívidas. Vida financeira saudável, sem dar o passo maior do que a perna, reserva de emergência e investimentos em dia. Dessa forma, estamos tranquilos. Mesmo se precisar enxugar alguma despesa, temos o que cortar. Como sou da área da saúde, não parei de trabalhar. Meu marido fechou o escritório por algumas semanas, mas já retornou. E mesmo estando tranquilos nessa situação, aproveitei para colocar em prática planos antigos que eu tinha: comecei a trabalhar paralelamente com venda direta de cosméticos e também com criação e gerenciamento de conteúdo digital. Isso, é claro, tem gerado ainda um dinheiro extra. O que eu tiro de toda essa situação que estamos passando é a importância de se levar uma vida simples, sem dívidas e ter reserva de emergência, pois assim conseguimos pensar e agir com mais tranquilidade, sem ter que fazer as coisas no desespero.

    • Guilherme 1 de maio de 2020 at 8:10 #

      Excelente depoimento, Camila!

      Uma coisa que chamou a atenção, lendo os vários depoimentos, é o tempo extra que descobrimos, que pode ser muito útil para fazer atividades novas, como as citadas por você.

  5. Michele 29 de abril de 2020 at 14:19 #

    Aqui as coisas estão bem diferentes… Vamos por partes:
    – Temos gêmeos de 2 anos que estão desde 16/03 em casa. Pagamos a mensalidade para período integral, ou seja, eles faziam lanches, almoço, janta e banho na escola. Agora tudo em casa e a mensalidade de ambos continuam a mesma.
    – Redução de jornada de trabalho com redução de salário de 25% do meu marido desde o início da quarentena. Como ele tem refeitório na empresa, não tínhamos o custo de almoço dele, com a redução da jornada o restaurante fechou, ou seja, almoço em casa diário.
    – Eu fui colocada em home office junto com as crianças (ponto positivo – o presidente da empresa se preocupou com quem tem filhos e que teria só os avós para ficarem que como fazem parte do grupo de risco, essas mães foram as primeiras a irem trabalhar em casa 🙂 ). Parte da alimentação era fornecida pela empresa (tem horta) e os demais itens fazíamos vaquinha para a copeira cozinhar, hoje o custo é totalmente meu. A partir de maio redução de 25% da jornada de trabalho e de salário.
    – Consumo de energia dobrou de $200 para $400 pois a casa ficava fechada o dia todo agora somos todos em casa o dia todo!
    – Em relação aos carros temos 2, meu marido faz o horário reduzido na empresa então não muda nada. Eu só tiro o meu da garagem para necessidade de mercado e farmácia, houve redução no custo de combustível e pedágio, porém o aumento dos gastos acima estão mais que o dobro dessa economia.

    Enfim, não são reclamações apenas constatações, afinal graças a Deus mantemos os nossos empregos, estamos com saúde, principalmente os bebês que não tiveram absolutamente nada nesse período que fosse necessário sair com eles de casa e mesmo com o aumento dos gastos e redução dos ganhos não precisamos cortar nada, apenas teremos uma redução de aportes por 4 ou 5 meses.

    abraços.

    • Guilherme 1 de maio de 2020 at 8:14 #

      Excelente depoimento, Michele!

      Como você bem mesmo disse, ainda bem que o principal foi mantido – saúde de todos, empregos preservados (ainda que com redução de salário) etc.

      Agora, os detalhes referentes a essas economias que se tinha com refeições e menor gasto em energia elétrica realmente pesam no bolso.

      Uma forma de melhorar o orçamento doméstico como um todo é fazer um replanejamento dos gastos globais, cortando gastos em outras áreas não essenciais, como viagens e alguns gastos de lazer, a fim de haver acomodação a essa nova realidade.

      Abraços

  6. Nana 1 de maio de 2020 at 18:10 #

    Aqui em casa percebemos um aumento de gasto na alimentação mas uma redução de gastos em outras despesas como as saídas de fim de semana que não acontecem mais. Combustível também diminuiu bastante.
    Tem post novo no blog – adoraria sua visita!
    Bj e fk c Deus.
    Nana
    http://procurandoamigosvirtuais.blogspot.com

    • Guilherme 7 de maio de 2020 at 13:15 #

      Oi Nana, grato pelo seu depoimento!

      Visitei seu blog lá!

      Bj

  7. Lucinalva 3 de maio de 2020 at 12:40 #

    Olá Guilherme
    Ótima postagem. Percebi uma redução nos gastos nesta quarentena, pois quando eu estava trabalhando, gastava com almoço fora, salão de beleza,algumas compras de roupas e sapatos, quando necessário. Agora em casa, estou gastando com frutas, estou tomando bastante suco, procurando ter uma alimentação saudável. Um forte abraço.

  8. Ramos 4 de maio de 2020 at 9:54 #

    Os meus gastos aumentaram bastante com supermercado porque pela ansiedade acabamos comendo muito mais, já com combustível caiu bastante. Para passar o tempo fui renegociar escola da minha filha, alterar plano de tv, internet e telefone móvel, seguro do carro, etc. O que impressiona e que apesar da intenção de fazer cortes em alguns planos acabei foi melhorando o pacote por um pequeno valor a mais ou até mesmo pagando menos. Minha esposa fica rindo de mim porque no caso do telefone acabei cancelando minha linha e só recuperei 15 dias depois nas cortando de 50,00 para 40,00 e aproveitei e mudei o dela de 70 para 40,00 também. Kkk

    • Guilherme 7 de maio de 2020 at 13:16 #

      Excelentes iniciativas, Ramos!

      Com tempo de sobra, dá pra fazer importantes ajustes no orçamento doméstico.

  9. Engenheiro do Sertão 4 de maio de 2020 at 23:36 #

    Nossa, que grata surpresa ver que meu comentário gerou um post inteiro hahaha.

    Bom, os gastos com supermercado realmente aumentaram e todos sentiram. Infelizmente a tendência é que continuem subindo.

    Falando em coisas que estão subindo, esse negócio de ficar dentro de casa direto, comendo e sem gastar calorias está me fazendo engordar bastante, vocês também estão sofrendo com isso?

    Engraçado que externei aqui sobre os aumentos na energia que estavam me incomodando e percebi que é um incômodo geral.

    Como trabalho reduzindo os custos de energia, na semana passada muitas pessoas entraram em contato, algumas pessoas que estavam negociando comigo projetos agora fecharam, outros clientes que já tinham energia solar também perceberam que o consumo aumentou e estão me chamando para expandir o sistema de energia solar.

    Eu estava bem para baixo, mas agora me animei. Acho que depois do mês de abril praticamente perdido, a crise pode gerar oportunidades no mês de maio.

    • Guilherme 7 de maio de 2020 at 13:17 #

      Ótimo complemento, Engenheiro!

      De fato, a combinação de ficar em casa + fechamento de academias tem provocado aumento de peso nas pessoas.

      Que bom que você está se animando! Sem dúvida, aí na sua área – geração de energia solar – poderão surgir ótimas oportunidades.

      Abraços!

Deixe uma resposta

Powered by WordPress. Designed by Woo Themes