Desenvolva e explore suas habilidades para transformar vidas

Escrevo esse texto ainda impactado pelo poder das mensagens. Pelo poder da comunicação.

Quem cria um blog ou um site com a genuína intenção de compartilhar conhecimentos, sobre temas que gosta de falar e de se envolver, sabe que, mais cedo ou mais tarde, irá ver seu blog crescer em audiência e, com isso, assumir uma grande responsabilidade no papel, ainda que involuntário, de comunicador e influenciador de pessoas.

A habilidade de escritores de discorrer sobre os temas que gosta acaba tendo, no fundo, o mesmo objetivo que a habilidade de engenheiros de projetarem grandes obras, ou a habilidade de artistas de fazerem o público se entreter. O objetivo de todos nós, seres humanos, no desenvolvimento de nossas habilidades, é um só: transformar vidas. Melhorar algum aspecto da vida de outra pessoa. Ao agirmos assim, “empurramos a raça humana para frente”, e acabamos evoluindo e perpetuando o legado do ser humano coletivamente falando.

Iab Burkhart

Ian Burkahart é tetraplégico, mas, graças a um chip implantado no cérebro, está conseguindo voltar a ter movimentos com as mãos. Essa notícia correu o mundo inteiro semana passada, e me chamou a atenção. Parabéns aos cientistas da Universidade de Ohio, EUA, que estão gastando seu tempo de forma útil, fazendo a Medicina evoluir em prol da vida de outros seres humanos.

Pois bem, diante desse contexto, não tenho dúvidas de que minha atividade de escritor do blog Valores Reais, ao longo dos últimos 7 anos, tem impactado a vida de diversas pessoas, dos mais diversos cantos do país, nas mais diferentes áreas da vida dessas pessoas. E não é preciso ir muito longe para constatar isso: basta recorrer a alguns posts, como esse, esse e esse, para validar a conclusão de que o trabalho que realizo nesse espaço virtual produz resultados que vão além daquilo que eu imaginaria que pudessem produzir.

Agora há pouco, por exemplo, recebi uma mensagem que me tocou profundamente.

Trata-se de um leitor antigo do blog, leitor esse que estava passando por vários problemas financeiros, e que, graças à leitura dos diversos artigos que fui escrevendo nos primórdios do blog (anos 2009 e 2010), conseguiu alcançar a estabilidade em suas finanças.

Mais do que isso: tal estabilidade foi o ponto de partida para que, anos depois, através de muita luta, suor, obstinação e determinação, ele conseguisse realizar o sonho de conquistar uma importante vitória acadêmica.

Ele me disse que a base para conquistar essa vitória, que ocorreu recentemente, foi justamente ter conseguido a estabilidade financeira, sem a qual seria muito difícil ter chegado aonde chegou. E me agradeceu pelos artigos escritos naquela época, que foram fundamentais para que, juntamente com o conhecimento oriundo de outras fontes, ele pudesse transformar seus sonhos em realidade.

E por quê esse tipo de mensagem emociona?

Por uma razão bastante simples: porque, através desse tipo de mensagem, consigo perceber que aquilo que faço nesse blog tem o poder de transformar vidas.

Eu sei, por experiência adquirida, que há dezenas, quem sabe centenas, de pessoas que aguardam a virada de domingo para segunda, para ler o artigo inédito que publico, pontuamente, às 0:02. Há uma grande expectativa por trás de cada artigo que será publicado, e por isso eu me esmero em fazer o melhor texto que posso escrever. Faço isso porque sei que o tempo do leitor é um tempo precioso e que, se for para gastá-lo aqui no blog, que seja um tempo gasto da forma mais útil possível.

Tá, mas e qual é a relação disso tudo com a sua vida?

O que eu quero dizer hoje, para você, leitor(a), é isso: que você também se esforce para que aquilo que você faz, no seu dia a dia, ajude outras pessoas a terem uma vida melhor. Explore, desenvolva, e aprimore suas habilidades de tal forma que elas sejam capazes de repercutir positivamente na vida do próximo.

Todos nós temos afinidades para algumas áreas específicas, e cabe a nós, dentro do espectro de nossas melhores virtudes, forças e qualidades, trabalhar duro para que possamos extrair o que temos de melhor em prol de indivíduos que necessitem justamente daquilo que nós mais podemos oferecer.

Gaste seu tempo de forma útil.

Aproveite a sua saúde e sua aptidão mental para desenvolver aquilo que há de melhor dentro de você. Muitas vezes, dificuldades de toda ordem aparecem, no cotidiano, o que nos desestimula a manter o foco naquilo que queremos. Circunstâncias imprevistas aparecem, e nos obrigam a revisar nossos planos, e até mesmo nos levam a procrastinar aquilo que queríamos fazer há tanto tempo.

A solução?

Construa e edifique blocos de tempo. Estabeleça metas de conclusão de atividades, em intervalos nos quais você possa se concentrar naquela atividade específica: “vou estudar para o concurso, de segunda a sexta, das 7h às 9h”, “vou desenvolver o projeto, todas as terças e quintas, das 18h às 20h”.

Delimitar espaços temporais certos e fixos, na agenda, tem como consequência predispor fisiologicamente seu corpo e seu cérebro a executar aquelas atividades naquele intervalo temporal pré-determinado. Como eu já disse em outro artigo, estabeleça e cumpra os acordos consigo mesmo.

Como identificar as minhas melhores habilidades?

Essa é uma pergunta comum entre as pessoas que não sabem bem o que fazer da vida. No que eu sou bom? Como saber onde está minha vocação? Em que atividade eu posso ser mais útil?

Embora, em nível profissional, existam testes de aptidão que permitam identificar, até com razoável grau de precisão, onde determinado profissional se encaixa melhor (por exemplo, um consultor de vendas pode descobrir que sua melhor atividade é a de gerente de controle de qualidade, como eu já presenciei), nem sempre esse tipo de teste está ao alcance das demais pessoas.

Uma maneira prática de descobrir qual atividade você se dará melhor é usar a intuição, e averiguar no que as pessoas elogiam a seu respeito. Ouça as outras “vozes”.

Isso mesmo.

Muitas vezes, acabamos descobrindo nossas melhores habilidades em conversas totalmente casuais e espontâneas com amigos, parentes, ou colegas de trabalho. No meio de uma conversa dessas, você ouve algo do tipo: “você é bom em incentivar as pessoas”, ou “você sabe lidar com números e cálculos”, ou “você tira excelentes fotos, nunca pensou em ser fotógrafo(a)?”, ou “você consegue explicar as coisas muito bem, já pensou em ser professor(a)?”, ou ainda “você sabe resolver conflitos”.

Outras vezes, identificamos nossas melhores habilidades ao interpretar os “sinais” que a vida acaba nos oferecendo. É quando você, ao realizar determinada atividade, percebe que a executou de forma tão perfeita que poderia se aprofundar no desenvolvimento dessa específica virtude.

Um estudante de inglês pode gostar tanto da matéria que pode vir a se especializar no ensino desse idioma. Um economista pode descobrir, graças ao seu trabalho se comunicando com clientes de grandes empresas, que na verdade tem mais habilidades para a área de comunicação social, e assim pode acabar indo para a área jornalística.

Uma vez identificadas suas habilidades, trate de aprimorá-las, dia após dia, mês após mês, ano após ano. O mundo cada vez mais requer pessoas capacitadas a atuar com precisão e especialização em determinada área do conhecimento humano. Quanto mais afinco você se dedicar a aquilo que você sabe fazer de melhor, maiores serão as chances de sua atividade deixar uma herança com impactos de duração prolongada no tempo. Lembre-se de nunca ir atrás de nada menos do que você é capaz de realizar.

Conclusão

Mudanças

Não viva uma vida que poderia ter sido. Você provavelmente já tem em suas mãos as ferramentas básicas para produzir conteúdo e ações capazes de melhorar, ajudar e transformar a vida de outras pessoas.

Aproveite o seu tempo da melhor forma possível, e canalize seus esforços e sua energia para que você se aperfeiçoe cada vez mais naquilo que você sabe fazer melhor do que ninguém.

Todos nós somos bons em alguma área importante da vida. O desafio diário é convergir esses esforços para que eles alcancem o maior número possível de pessoas.

A verdadeira recompensa, para quem usa sua própria vida para ajudar os outros, não se resume a meros valores monetários.

Quem verdadeiramente ajuda o próximo com genuína intenção de vê-los em situação melhor recebe outro tipo de recompensa, que dinheiro nenhum pode pagar.

E isso tem um nome: emoções.

Tal como demonstrado no vídeo abaixo, que já mostrei em outro artigo, mas que sempre vale a pena assistir de novo:

Quando eu era criança, um professor de Matemática, ao dar sua última aula naquele ano letivo, nos contou uma história que jamais esquecerei.

Ele disse que, certa vez, na praia, um sujeito pegava as estrelas-do-mar que estavam na areia, e jogava de volta para o mar. Uma por uma.

Aí, um rapaz se aproximou dele e perguntou:

“Por quê você está fazendo isso? Você por acaso não sabe que nunca irá conseguir devolver todas as estrelas-do-mar para o oceano, por que elas são milhões? Não está vendo que seu trabalho não faz sentido algum?”

Aí, o sujeito parou por um instante. Pegou uma estrela-do-mar, e, com ela na mão, disse para o rapaz:

“Está vendo essa estrela-do-mar aqui?”

O rapaz respondeu:

“Sim, estou, por quê?”

Depois de ter ouvido a resposta, o rapaz lançou a estrela-do-mar de volta para o oceano. E disse:

“Pois bem. Para essa estrela-do-mar, eu fiz a diferença“.

Que você também possa fazer a diferença com seu tempo, com suas virtudes, e com suas habilidades. 😉

Print Friendly, PDF & Email

24 Responses to Desenvolva e explore suas habilidades para transformar vidas

  1. Rosana 18 de abril de 2016 at 11:00 #

    Guilherme,

    Excelente e motivador post para iniciar bem a semana.
    Achei interessante os “blocos de tempo”, eu ainda não havia pensado dessa forma e vi que faz muito sentido.

    “Uma maneira prática de descobrir qual atividade você se dará melhor é usar a intuição, e averiguar no que as pessoas elogiam a seu respeito. Ouça as outras “vozes”.”
    Aqui, tenho que discordar um pouco, pois muitas vezes temos habilidades, mas não nos identificamos muito com elas.
    Eu, por exemplo, resolvo vários problemas em computadores onde trabalho, resolvendo e ajudando colegas com dúvidas básicas e intermediárias (como configuração de impressoras e de proxy, de acordo com as limitações de usuário comum e não de TI). Tanto que no meu setor, a primeira pessoa a ser procurada quando há algum problema nesse sentido sou eu. Sou muito elogiada nesse sentido pelos colegas, mas não é algo com o qual me identifico, não me vejo trabalhando com isso o tempo todo.

    Acredito que talvez isso funcione para muitas pessoas, mas para mim, não deu muito certo….

    Boa semana!

    • Guilherme 20 de abril de 2016 at 12:13 #

      Oi Rosana, obrigado!

      Sobre a identificação das melhores habilidades, você tem razão: o que funciona para uns, pode não funcionar para outros.

      No seu caso específico, o que pode sobressair talvez não seja propriamente sua facilidade em resolver dúvidas de informática (que existe, claro), mas sim sua facilidade em aprender coisas novas, o que a coloca em posição de destaque frente a outros colegas de trabalho.

      O que eu quero dizer é: seus colegas poderiam até se dispor a aprender sobre essas dúvidas de informática, mas sua curva de aprendizado é mais acelerada, o que lhe confere destaque dentre seus pares.

      Boa semana também!

      • Rosana 23 de abril de 2016 at 10:18 #

        Guilherme,

        Interessante o que escreveu sobre a curva de aprendizado, eu ainda não conhecia esse termo.
        É verdade o que você disse: se o assunto me interessa, naturalmente eu quero saber mais sobre ele, não importando se a princípio é algo muito complicado ou não.

        Bom final de semana!

        • Guilherme 23 de abril de 2016 at 20:14 #

          Legal, Rosana, isso significa que você sempre gosta de aprender coisas novas. 🙂

          Bom final de semana também!

  2. Weslei 18 de abril de 2016 at 11:18 #

    Olá Guilerme!
    Como escreveu, venho todas as segundas verificar o novo post, e também acompanho os comentários que muitas vezes tem ótimas contribuições com o tema da semana.
    E obrigado por estes posts! Eles tem sido muito uteis, muito mesmo!
    Abraço!

    • Guilherme 20 de abril de 2016 at 12:14 #

      Valeu, Weslei, muito obrigado pelas palavras!

      Abraços!

  3. Guilherme 18 de abril de 2016 at 17:51 #

    Parabéns pelo blog e pelo post. Conheci há pouco tempo o site e já recomendo para amigos/conhecidos.

  4. Scantales 18 de abril de 2016 at 18:05 #

    No meio de tantos conselhos ruins que vemos na vida real e na web, seu blog é uma ilha de inteligência.
    Sou seguidor fiel do site pq estou cansado de valores fictícios.

    obrigado por ser um líder nessa vida.

    Abç

    • Guilherme 20 de abril de 2016 at 12:14 #

      Muito obrigado pelas palavras, Scantales!

      Abç!

  5. Daniel Rabelo 18 de abril de 2016 at 19:28 #

    Boa Noite.

    Sou leitor de seu Blog há aproximadamente 2 anos. Aprendi e continuo aprendendo com os seus artigos.

    Enquanto a maioria das pessoas estão preocupadas em manter um status em uma rede social ou alimentando uma ilusão consumindo bens para impressionar os outros, deveriam alimentar as suas mentes com conhecimentos que irão abrir os olhos para o que realmente é importante para o crescimento pessoal. Buscarem evoluir e ensinar as boas práticas.

    Parte de meu tempo livre escrevo sobre novas tecnologias em um blog pessoal e vejo o quanto é importante disseminar o conhecimento. As pessoas interagem com perguntas que fazem com que eu busque mais conhecimento e consequentemente faz com que eu contribua com mais informações.

    Agradeço aos seus artigos, e eles fazem com que as pessoas evoluam e mudem a realidade na qual vivem.

    Grande abraço.

    Att, Daniel Rabelo

    • Guilherme 20 de abril de 2016 at 12:15 #

      Boa tarde, Daniel,

      Fiquei muito feliz de ler seus comentários!

      E parabéns também por difundir conhecimento em sua área de aptidão pessoal!

      Abraços!

  6. Martha 19 de abril de 2016 at 21:57 #

    “Você provavelmente já tem em suas mãos as ferramentas básicas para produzir conteúdo e ações capazes de melhorar, ajudar e transformar a vida de outras pessoas”.
    Exatamente!
    Parabéns pelo maravilhoso conteúdo!
    Que Deus o abençoe!
    Ótima semana 🙂

    • Daniel Rabelo 20 de abril de 2016 at 11:34 #

      Obrigado,

      Deus abençoe também.

      Abs.

    • Guilherme 20 de abril de 2016 at 12:16 #

      Agradeço também, Martha!

      Deus te abençoe igualmente!

      • Martha 20 de abril de 2016 at 21:19 #

        Seu blog é maravilhoso! Continue assim!!!

  7. Mônica 20 de abril de 2016 at 23:48 #

    Boa noite, Guilherme!!! Obrigada pelo carinho e respeito! Adoro seu blog!

    • Guilherme 23 de abril de 2016 at 20:07 #

      Boa noite, Mônica! Grato pelo comentário!

  8. Jacy 22 de abril de 2016 at 13:52 #

    Guilherme, parabéns pelo post!

    Realmente este blog faz a diferença.

    Deus te abençoe.

    Abraços.

    • Guilherme 23 de abril de 2016 at 20:08 #

      Obrigado, Jacy!

      Deus te abençoe também!

      Abraços!

  9. Wallace Alves 22 de abril de 2016 at 21:09 #

    Parabéns Guilherme! Ótimo post….quanto ao blog, sem comentários…

    Já pensou em fazer podcasts? talvez começar uma vez ao mes…seria bom lhe ouvir, muito sábio e obrigado por compartilhar as informações conosco..

    Abraços e ótimo final de semana.

    • Guilherme 23 de abril de 2016 at 20:09 #

      Valeu, Wallace!

      Nunca tinha pensado nessa ideia de podcasts! Vou pensar a respeito.

      Abraços e ótimo final de semana pra você também!

  10. Miguel Pinheiro II 12 de maio de 2016 at 16:19 #

    Pow Guilherme só agora me atualizei no blog.

    Gostei de ter minha experiência citada em seu blog fantástico!

    Obrigado mais uma vez!

    • Guilherme 12 de maio de 2016 at 17:14 #

      Fantástico, Miguel, é uma honra poder ter amigos como você!

      Muito obrigado por suas palavras! Elas ainda me emocionam, e pode ter a certeza de que são mensagens assim que me fazem continuar com o trabalho desenvolvido nesse espaço virtual.

      Abraços!

Deixe uma resposta

Powered by WordPress. Designed by Woo Themes