Alerta! BNDESPar suspende oferta das suas debêntures 2013 por 60 dias

O leitor Joaquim deu essa importante informação: a BNDESPar solicitou a suspensão de sua oferta das debêntures por 60 dias.

BNDESPar Debêntures 2013 - Suspensão

De acordo com o comunicado oficial da entidade, já disponível em seu site:

“[A BNDESPar] vêm a público comunicar que foi solicitada à ANBIMA nesta data [21.06.2013], a interrupção do prazo de análise do pedido de registro de Oferta, pelo prazo de 60 dias úteis a contar desta data, para melhor avaliação acerca da oportunidade de realização da Oferta, podendo esta ser retomada a qualquer momento dentro do referido prazo. Os Pedidos de Reserva, realizados em conformidade com o Aviso ao Mercado de 19 de junho de 2013 serão cancelados, devendo as Instituições Intermediárias que tenham recebido Pedido de Reserva comunicar tal fato ao respectivo Investidor de Varejo” (sem destaque no original).

Da leitura do comunicado oficial fica evidente que os emissores estão considerando o momento atual como inoportuno para o lançamento desse produto financeiro. Não precisa nem explicar o porquê, né pessoal!? 🙁

Conclusão

Trata-se de uma decisão acertada, haja vista a instabilidade econômica, e até social, pela qual estamos passando. Se por um lado isso permite ao investidor pessoa física direcionar seus investimentos para outras opções bastante interessantes, como ações e os próprios títulos públicos do Tesouro Direto, por outro lado essa decisão, de uma certa forma, “livra” a BNDESPar de ter que arcar com o pagamento de juros e sobretaxas (prêmios) acima daqueles que ela estava pensando em pagar.

Afinal, em momentos de estresse do mercado, como os que estamos vivendo agora, os preços dos títulos caem e as taxas de juros aumentam, e a BNDESPar corria o risco de pagar, por exemplo, nas debêntures da quarta série de emissão, que têm como referência a NTN-B Principal 2035, mais de 6% a.a. + IPCA, o que seria algo fantástico para os padrões atuais (mesmo havendo os descontos subsequentes do IR). Na verdade, ela ainda corre esse risco, caso o mercado continue turbulento nos próximos meses, mas o BNDES preferiu, literalmente, não pagar pra ver.

O negócio é aguardar um pouco mais e ter paciência, pois o período de reserva só vai recomeçar, pelo andar da carruagem, lá pelo final de agosto ou começo de setembro (podendo ser retomado antes, como diz o comunicado).

Obrigado ao leitor Joaquim pelo envio da notícia!

Print Friendly, PDF & Email

5 Responses to Alerta! BNDESPar suspende oferta das suas debêntures 2013 por 60 dias

  1. Renato C 10 de julho de 2013 at 1:05 #

    Pessoal,

    Dados os últimos acontecimentos, é importante salientar que o risco do BNDES não é mais o mesmo que aquele das ofertas passadas das debêntures.

    A proteção continua sendo sim, o risco do próprio risco Brasil, do Tesouro Nacional, contudo é sempre bom ponderar um outro lado…

    http://ossamisakamori.blogspot.com.br/2013/07/economia-br-dia-8-bndes-perdeu-50-do.html?showComment=1373280921121

    Abraços, Renato C

    • Guilherme 10 de julho de 2013 at 12:25 #

      Oi Renato,

      Ótima reportagem. Devemos ficar bem atentos quanto ao gerenciamento desse banco, e dos riscos que aparentemente aumentaram, mesmo sendo um banco público.

  2. Peter 23 de setembro de 2013 at 11:53 #

    Olá amigos,
    Bem, passaram três meses deste do comunicado do BNDESpar. Acredito que com isso o prazo de 60 dias úteis já passou, mas não consigo encontrar nenhuma noticia sobre a oferta de debêntures 2013. Vi no site LatinFinance que o BNDES (o que não é a mesma coisa que o BNDESPar) lançou um bond com prazo de 10 anos no valor de US$ 2.5bn no mercado internacional.
    Será que desistiram da oferta de debêntures? Alguém tem informações sobre o assunto?
    Neste meio tempo saiu a oferta de debêntures incentivadas da Autoban (período de reservas termina 27/09/13) e vai sair ainda nesta semana a oferta da Comgás. Ambos oferecem correção do valor pelo IPCA e juros vinculados com os títulos NTN-B. Também, os rendimentos são isentos de IR, o que não é caso nas debêntures do BNDESPar.
    Estou na dúvida o que fazer. Não quero perder estas oportunidades, esperando um lançamento que pode não acontecer.

    Agradeço qualquer informação/opinião.

    Peter

    • Guilherme 23 de setembro de 2013 at 19:39 #

      Peter, eu também não observei nenhuma novidade em relação a essas debêntures. Parece que o BNDES não está muito disposto a levar essa oferta adiante, o que é, por um lado, uma pena, mas, por outro, de certo modo compreensível, já que o cenário econômico está bastante indefinido a respeito, e eles poderiam não captar o valor pretendido, haja vista, por exemplo, a notícia postada pelo amigo Renato C.

      Por outro lado, estão surgindo oportunidades no setor de títulos privados, através das debêntures de infra-estrutura. Além da evidente vantagem da isenção de imposto de renda sobre os ganhos de capital, elas ainda estão sendo lançadas num cenário em que os títulos públicos de referência – as NTN-Bs – voltaram a ficar em patamares atrativos, pagando inflação + 5% a.a.

      Se você tem disposição de carregar os papéis até o vencimento, e tem sangue frio para aguentar as inevitáveis oscilações do mercado que podem repercutir no preço de mercado das debêntures, eu penso que são boas opções para diversificar seu portfólio de investimentos.

      Com a inflação rondando a casa dos 5 a 6% a.a., taí uma chance de conseguir obter uma rentabilidade anual nominal (sem descontar a inflação) na faixa dos dois dígitos, ou seja, acima de 10% a.a., o que não é nada mal, ainda mais considerando a isenção de IR e o eventual prêmio de risco que poderá ser adicionado às debêntures.

      O risco é a inflação dar uma galopada, e nos próximos anos as NTN-Bs de referência pagarem mais que 6% a.a. Bem, mas risco é uma coisa que dá para ser controlada, por meio da diversificação. É aquela história: não coloque todos os ovos na mesma cesta.

      Bons investimentos!

  3. KamiKazeXP 29 de outubro de 2013 at 20:57 #

    tente comprar no mercado secundário, no site da Anbima, tem as taxas praticadas nesse mercado
    http://portal.anbima.com.br/informacoes-tecnicas/precos/taxas-debentures/Pages/sobre.aspx

Deixe uma resposta

Powered by WordPress. Designed by Woo Themes