A lição deixada pela instabilidade no Internet Banking do Banco do Brasil (BB): tenha sempre uma conta de back-up

BB IB Mensagem de erro

Os clientes do Banco do Brasil – eu incluso – foram surpreendidos nesses dois primeiros dias do mês de abril por uma impressionante dificuldade em acessar o sistema de Internet Banking.

E o pior é que isso ocorreu justamente no começo do mês, onde muitas empresas e muitas pessoas precisam usar os serviços do banco para fazer depósitos, transferências, e pagamentos, sendo que boa parte dessas pessoas já está acostumada a realizar todas essas operações bancárias via Internet.

Bem, com todas essas dificuldades enfrentadas nos últimos dias, fica aqui uma dica importante: tenha sempre uma conta bancária de back-up. Infelizmente, não dá pra confiar cegamente nos serviços de um único banco (ainda mais em se tratando de banco público). Os sistemas são falíveis, e eles podem falhar justamente no dia em que você mais precisa deles. Por isso, é de bom grado manter uma segunda conta-corrente, em que você possa fazer as operações que não poderia realizar na conta bancária “principal”.

Eu sei que essa dica pode parecer contra-intuitiva, mas é também conveniente não deixar a reserva de emergência concentrada num único banco. Deixe pelo menos uma parte desse dinheiro do colchão de segurança em uma segunda instituição financeira, para se prevenir de problemas que possam ocorrer com a conta “principal”.

Outras duas recomendações importantes para não se estressar com defeitos de funcionamento dos serviços bancários são: não deixe para fazer tudo na última hora (pois imprevistos podem acontecer), e aproveite os serviços de débito automático que seu banco oferece, já que eles poupam tempo e evitam que você tenha que ficar se lembrando a toda hora de pagar aquela conta. Além disso, como o pagamento é feito exatamente na data de vencimento da conta, você aproveita ao máximo os juros das aplicações financeiras que são utilizadas para pagar essas contas. 🙂

É isso aí!
Um grande abraço, e que Deus os abençoe!

Print Friendly, PDF & Email

15 Responses to A lição deixada pela instabilidade no Internet Banking do Banco do Brasil (BB): tenha sempre uma conta de back-up

  1. RABUGENTO 3 de abril de 2013 at 9:23 #

    Sou cliente do BB.

    Senti o problema que acontecia no portal porque faço minhas consultas diariamente.

    Deixo tudo pré agendado. Só passo nas máquinas para pegar dinheiro quando preciso.

    Pago tudo com cartão.

    Investimentos por telefone.

    Não foi um caos tão grande como querem divulgar.

    Concordo que NÃO DEVERIA ACONTECER mas já aconteceu com outros bancos e poucos comentaram.

    • Guilherme 6 de abril de 2013 at 17:27 #

      Oi Rabugento, você é bem esperto na estratégia de uso dos serviços do banco, procurando sempre minimizar eventuais problemas que podem acontecer no IB.

      A repercussão do caso do BB foi grande porque se trata do banco com a maior capilaridade de clientes no Brasil, e pelo fato de ele ser o banco onde a maioria dos funcionários públicos (que é a parcela da população mais “bancarizada”) recebe salário.

  2. Elton 3 de abril de 2013 at 11:23 #

    Tenho conta em 3 bancos, o ponto negativo é o aumentar a complexidade do controle, evitando que uma fique negativa e outra positiva, acompanhar o saldo de cada uma, etc. Mas também há muitos benefícios, como: comparar taxas juros em financiamentos ou aplicações, alguns serviços diferenciados como pagamentos de tributos municipais e estaduais que não são oferecidos por alguns bancos, horário para pagamento de títulos via internet quando o boleto é do próprio banco pode ser pago até as 23:59h e se for de outro banco o limite é até as 22:30h (isso já me salvou em algumas situações), pagar título em atraso quando não é do próprio banco não dá pra pagar pela internet.

    • Guilherme 6 de abril de 2013 at 17:31 #

      Belo exemplo, Elton, o segredo é extrair as melhores vantagens que cada banco oferece. Outro ponto diferencial é que alguns bancos oferecem um horário um pouco mais prolongado para transferências inter-bancárias no mesmo dia (TED), então faz realmente sentido ter e manter uma segunda conta de back-up.

  3. Alberto 3 de abril de 2013 at 14:54 #

    Vou contar minha experiência sobre o ocorrido de duas formas:

    1) No passado sempre tive conta em até três bancos diferentes. Com a inflação em baixa e o ‘boom’ das tarifas de uma hora para outra me vi gastando mais de R$ 50,00 todo mês com tarifas. E o principal problema não foi só com tarifas, mas sim conseguir melhores taxas ao se concentrar tudo num só banco. Sei que pode parecer um contrassenso, pois vai contra a teoria de não se colocar todos os ovos na mesma sexta, mas para quem não é milionário, concentrar operações e aplicações em só banco permite conseguir taxas melhores tanto na tomada de dinheiro quanto nas aplicações. Um fundo que como cliente normal de um banco que rende cerca de 0,35% ao mês em média pode render mais de 0,5% dependendo do montante aplicado. Ou seja, muitos bancos além de ‘roubarem’ nas tarifas, ‘roubam’ oferecendo rendimentos menores.

    2) Também tive problema com a instabilidade do BB e por muito pouco quase deixei de pagar um fornecedor e cobrir um cheque de valor alto. Neste caso eu poderia tentar usar diretamente o meu gerente, mas o interessante é que depois de mais de 3 horas tentando usar a internet, eu usei a aplicação do banco para smartphone e acredite, ela estava funcionando normalmente ao contrário da Internet. Vai entender.

    Diante desse quadro, ainda opto pela teoria de que não devemos deixar tudo para a última hora.

    • Guilherme 6 de abril de 2013 at 17:34 #

      Oi Alberto, interessante comentário. Realmente, existe um pequeno custo de oportunidade em diversificar as aplicações entre bancos, que é justamente a possibilidade de ter rendimentos menores em determinadas aplicações financeiras que exigem um ticket mínimo de aplicação maior ou um percentual mais elevado de rentabilidade quanto maiores forem os recursos aplicados.

      Sobre o uso do celular, de fato ele estava funcionando normalmente. E acredito que as operações bancárias via telefone também. Como você mesmo disse, vai entender.

  4. Alberto 3 de abril de 2013 at 20:58 #

    Ainda é quarta, mas já estou com a ‘síndrome’ da sexta-feira… Onde eu escrevi “sexta”, leia-se “cesta”.

  5. Sergio 3 de abril de 2013 at 21:59 #

    Não entendi essa parte do comentário:
    “não dá pra confiar cegamente nos serviços de um único banco (ainda mais em se tratando de banco público)”.
    Infelizmente, o comentário não é aderente à seriedade do site valoresreais já que esse problema já ocorreu em vários outros bancos pelo mundo. E, conta-backup? Isso está inteiramente contra as idéias já defendidas pelo site. Além de aumentar a complexidade, essa dica só serviria para pessoas de auto poder aquisitivo já que, a pessoa deveria estar capitalizada em cada uma das contas.
    A propósito, a maioria dos usuários ainda utilizam os serviços de caixas eletrônicos e agências que, não sofreram com o problema do internet banking.

    • Jônatas R. Silva 4 de abril de 2013 at 8:58 #

      Sérgio,
      É possível ter conta essencial ou eletrônica em várias bancos, o que não tem custo.
      Manter em caderneta de poupança parte da reserva de emergência fracionada entre os bancos e, em casa de instabilidade, usar a reserva para um socorro imediato.

      Abraço!

      • Guilherme 6 de abril de 2013 at 17:38 #

        Oi Sérgio, é como o Jônatas disse, a existência de contas eletrônicas ou de serviços essenciais são de custo zero, e possibilitam a diversificação de contas-correntes sem prejuízo para o cliente.

        Aliás, a dica do Jô é ótima, e a que eu utilizo também. 🙂

  6. RABUGENTO 15 de abril de 2013 at 8:16 #

    No final o problema que alguns enfrentaram nem foi tão comentado quanto eu imaginava.
    O BB conseguiu superar o problema e acredito que esteja mais preparado para futuros acontecimentos.
    Apenas o acesso via internet foi prejudicado. Outros sistemas funcionaram normalmente.
    Para quem está acostumado como eu, sentiu um pouco. 😉

    • Guilherme 17 de abril de 2013 at 7:34 #

      Verdade, Rabugento. O bom é que nós também podemos tirar lições desses fatos, como se precaver contra instabilidades do sistema e não deixar tudo para última hora.

  7. Guilherme 15 de abril de 2013 at 15:50 #

    Tenho conta somente no Santander. Qual o banco que vocês recomendam como backup?

    • Guilherme 17 de abril de 2013 at 7:36 #

      Qualquer uma que tenha a possibilidade de ter conta sem pagar tarifa de manutenção e conte com facilidades no uso do Internet Banking, e ampla disponibilidade de caixas eletrônicos. 😉

Deixe uma resposta

Powered by WordPress. Designed by Woo Themes