Resumão: os 21 artigos mais populares do Valores Reais em 2011!

2011 foi um ano excelente para o blog Valores Reais. Embora eu não goste muito de ficar falando de números do site, vou abrir uma exceção. Vamos lá: fechamos 2011 com + de 2,200 assinantes de nossa newsletter, + de 550 seguidores no Twitter e + de 220 fãs no Facebook. Finalizamos 2011 com uma média de + de 1,500 visitantes únicos diários (unique visitors), que visualizaram uma média de + de 2 mil páginas diárias. São números bastante expressivos, ainda mais considerando as dificuldades de divulgar, por meio de um trabalho totalmente voluntário, a educação financeira num país tão carente da própria educação básica (que dirá da financeira).

1 milhão de acessos completados agora em 14.01.212! \o/

Como 2012 já começou a todo vapor, com muitos leitores nos visitando oriundos de ferramentas como o Twitter, Facebook, Google e outras mídias sociais, resolvi postar aqui um “resumão”, com os 21 artigos mais populares do blog em 2011, baseado exclusivamente nas estatísticas do site. Vale lembrar que essa não é uma compilação dos meus 21 artigos prediletos ou coisa parecida. Simplesmente peguei as stats do blog, vi os 21 top posts de 2011, e os empacotei de forma bem sistematizada e organizada nesse post. Vamos lá!? 😀

1. BB, Bradesco, Itaú e Santander: qual banco oferece a melhor cotação para saque internacional no cartão de débito? O campeão de 2011! Apesar de ter sido publicado somente no começo de abril, esse artigo conseguiu ganhar com folga dois dos títulos mais expressivos do blog: o de post mais visitado de todos os tempos, e também o de post mais comentado de todos os tempos (+ de 225 comentários, e crescendo), e isso apesar de contar com apenas pouco mais de 9 meses de vida. E, pela riqueza dos comentários fornecidos pelos leitores, não só confirmando as dicas contidas no conteúdo do texto, como também acrescentando muitas novas dicas que estão ajudando outros leitores viajantes (principalmente para quem vai para a Europa e América do Sul), esse post tem tudo para se manter entre os mais acessados também nos próximos anos, devido justamente ao tesouro enterrado na caixa de comentários, que vão atualizando as informações do texto de modo vivo e dinâmico, a cada dia que passa, e a cada nova viagem e experiência trazida pelos nossos leitores viajantes.

2. 7 estratégias para não pagar anuidade do cartão de crédito Coincidentemente, esse texto foi publicado imediatamente antes do texto acima (para ser mais preciso, na semana anterior), e, pela riqueza das informações ali contidas, levou com folga a medalha de prata, apesar de, tal qual o post acima, ter pouco mais de 9 meses de vida. Dicas eminentemente práticas descritas no corpo do texto principal e também na caixa de comentários estão ajudando leitores do Brasil inteiro a economizar pequenas “grandes” fortunas com anuidades de seus cartões de crédito.

3. O que é “variação” na poupança do BB – Banco do Brasil? Esse texto, escrito no segundo mês de vida do blog (!!!), completou o pódio graças à curiosidade dos leitores em saber o que significam os números da variação da poupança no BB. Vale lembrar que, na enquete que recentemente concluímos, de cada 100 leitores que a responderam, 41 afirmaram serem correntistas desse banco, o que ajuda a explicar a popularidade do post, cujas informações continuam perfeitamente atuais e válidas.

4. Dica para não pagar os 6,38% de IOF sobre compras internacionais na Internet com cartão de crédito: Paypal Com o aumento repentino do IOF sobre compras no exterior, foi necessário recorrer a estratégias alternativas (e lícitas) para evitar o pagamento desse imposto, e o Paypal surgiu como alternativa. O problema é que não existe tratamento uniforme dos bancos emissores de cartão, a respeito da tributação das compras via PayPal, conforme podemos ler na caixa de comentários respectiva.

5. 8 maneiras de você acumular milhas/pontos sem uso de cartão de crédito ou pagamento de contas na fatura do cartão Interessante observar a recorrência do tema no blog: apesar de esse não ser dedicado ou concentrado no assunto, 3 dos 5 artigos mais acessados em 2011 se referem ao tema “cartão de crédito”.

6. O que é LCI: Letra de Crédito Imobiliário? A trajetória de alta na SELIC durante o primeiro semestre do ano de 2011, combinada com a aversão ao risco que fez a Bolsa paulatinamente desabar ao longo do ano passado, fez os leitores procurarem alternativas para fazerem seu dinheiro render mais na renda fixa. A isenção de imposto de renda e de taxas de administração fizeram da LCI um dos investimentos mais atrativos na renda fixa em 2011, e a popularidade desse post ajuda a explicar o fenômeno.

7. Banco do Brasil (BB) – Crédito Pessoal Todo Seu ou… Dívida Pessoal Toda Sua!? Ok, esse também não é um blog sobre o Banco do Brasil… mas não deixa de ser curioso observar que, dos 7 artigos mais acessados em 2011, dois se refiram a serviços do BB (três, se formos contar o post campeão). Aliás, observem que, desses “top seven”, nada mais nada menos do que 5 contém a palavra “crédito” no título do post (sendo 3 referentes a cartão de crédito, 1 referente a crédito pessoal, e 1 referente a “crédito” como investimento – letra de “crédito” imobiliário). Curioso, não!?

8. Vale a pena investir em CDB do Banco Sofisa Direto? Denominada a “inovação em renda fixa pela Exame.com”, o Sofisa Direto veio para dar uma chacoalhada no mercado brasileiro de RF, principalmente aquele que tem como público-alvo o pequeno investidor. Contribuiu para a popularidade desse post a participação do próprio Sofisa Direto na caixa de comentários, esclarecendo as dúvidas dos leitores e contribuindo para a melhoria das informações apresentadas ao público.

9. Poupança rende, no mínimo, 0,5% ao mês, logo, 6% ao ano, certo? Errado. Pequeno truque matemático está embutido na forma de cálculo de rentabilidade desse investimento. Leiam e confiram! 😀

10. Comunicado importante vindo do próprio Paypal: economizar IOF utilizando o Paypal não procede Não, eu não vou falar que esse *não* é um blog sobre Paypal (pronto, falei). A popularidade desse artigo se explica, claro, pelo grande interesse dos leitores em economizar com o IOF, mas também pela intervenção, adivinhem… do próprio PayPal, que, como bom leitor do blog, nos enviou um comunicado alertando do erro (erro?) da dica contida no artigo #4.

11. Liberados os créditos da Nota Fiscal Paulista Imposto realmente é um tema que “pega” – não sem razão, afinal, o brasileiro é um dos cidadãos que mais paga impostos no planeta. Todo e qualquer mecanismo de ressarcimento de imposto é bem-vindo, como é o caso da Nota Fiscal Paulista em relação ao ICMS.

12. A matemática não mente: Tesouro Direto está dando um banho nos fundos dos bancos de varejo. Desde que… O Tesouro Direto brilhou em 2011, conforme, aliás, bem lembrado pelo amigo Fábio Portela em excelente artigo no blog O Pequeno Investidor. E tenho certeza que continuarão, nos próximos 800 anos, ganhando “de lavada” dos fundos de investimentos dos bancos de varejo, como, aliás, demonstrado na Parte 2 desse artigo. Só não irá ver quem não quiser.

13. Aplic Aut Mais: investimento do Itaú (em CDBs) para não deixar o dinheiro parado na conta-corrente Para comprovar que esse não é, em matéria de serviços bancários, um blog “mono-BB-temático”, taí o post sobre essa aplicaçãozinha do Itaú figurando no top #13 do blog em 2011. 🙂

14. Aprenda com meus erros de investimentos #1: CDB a 85% do CDI!? Uauuu… Mais um post sobre CDB (minha nossa, já é o 3º entre os top 14…), mas esse texto, no qual falo sobre minha experiência pessoal sobre tal tipo de investimento, é sem dúvida a mais didática e mais engraçada. Leiam, confiram e… aprendam (caso você ainda não entenda nada de CDB, CDI e outras sopas de letrinhas).

15. Easy Calc: calculadoras online gratuitas! Isto é incrível: esse post foi escrito no primeiro dia de existência do blog (24 de maio de 2009), e, apesar disso, continua figurando entre os mais lidos de todos os tempos. Para vocês verem que, desde que nasceu, literalmente desde que foi dada luz ao site, o blog já surgiu contendo informações úteis a vocês, leitores. 😉

16. Cartões de crédito Bradesco aceitando pagamento de contas a partir de 15.04.2011!? Êêêêêê Bradescão…ficaria muito feio se no top 16 você não fizesse companhia ao BB e o Itaú, não é mesmo (o post #1 não conta)!!? Mas o que realmente lamentamos é a função de pagamento de contas não ter sido implementada no sistema do banco, ficando apenas como uma promessa descrita na tabela geral de tarifas. Bom, pelo menos o Bradesco decidiu reformular por completo seu Internet Banking, e acabar de uma vez por todas com aquela aparência pra lá de tosca do home banking antigo (e bota antigo nisso!).

17. A lista de afazeres domésticos para a empregada/diarista Não me pergunte porque esse artigo está entre os mais lidos de 2011. Aliás, se quiser matar a curiosidade, é só clicar no link respectivo, e ler o que eu escrevi…

18. Minha experiência com fundos de investimento imobiliários (FII): Shopping Parque Dom Pedro – PQDP11 A minha sorte (e a dos demais cotistas também) é que, ao que tudo indica, esse fundo imobiliário terá condições de “andar com as próprias pernas” assim que o prazo da renda mínima garantida expirar. Trocando em miúdos: o fundo está conseguindo obter, com certa frequência, receitas locatícias suficientes para dispensar a “ajuda” para complementar os R$ 8,30 mensais pagos a título de aluguel. Só espero que os inquilinos dos imóveis subjacentes a esse fundo não preguem uma surpresa para o locador, nos moldes do que ocorreu com o NSLU11B, ou ainda com o HCRI11B, esse ainda mais recentemente.

19. Resenha: A semente da vitória, de Nuno Cobra Dos mais de 40 livros que já passaram pela nossa seção de resenhas (e são resenhas mesmo, e não meras reproduções de sinopses da editora), esse foi o texto mais acessado em 2011. Aliás, não deixa de ser curioso que, em um blog destinado precipuamente ao tema de investimentos e educação financeira, a resenha mais lida tenha sido de um livro que não tem nada a ver com finanças, mas sim com qualidade de vida. Pensando bem, qualidade de vida é um dos temas principais do blog, então… não é tão curioso assim esse fato. 😉 (em tempo, o livro que mais me marcou em 2011 foi a biografia de Warren Buffett, sobre a qual fizemos uma mega resenha em quatro cinco partes: Parte I: Introdução, Família e Precocidade, Parte II: A lenda, Parte III: Filantropia e atualidades, Parte IV: 8 lições extraídas da leitura da vida de Warren Buffett e Bônus! A frugalidade de Warren Buffett).

20. Athina Onassis: (mais uma) milionária de hábitos frugais. Ela também é bilionária, assim como Warren Buffett, e ela também é frugal, assim como Warren Buffett. Se você acha que eles são exceções, você errou: eles, os milionários frugais, fazem parte do time da regra, conforme constatamos na resenha do livro O milionário mora ao lado, de Thomas Stanley e William Danko.

21. O que é frugalidade? Um dos meus artigos prediletos para fechar com chaves de ouro essa seleção dos 21 textos mais populares do blog em 2011!

Percebeu alguma uma ausência!?

Pois eu percebi: não há nenhum artigo sobre o tema ações ou Bolsa de Valores relacionado entre os top 21 de 2011. Num ano em que a Bolsa teve um de seus melhores desempenhos (para quem estava com intenção de comprar, claro), fechando o ano com queda de 18%, e num período em que produzimos diversos textos sobre essa temática, particularmente no segundo semestre, sobretudo em agosto, quando a Bolsa entrou em liquidação dos 30% OFF, o que a maioria dos leitores quis mesmo foi saber mais sobre investimentos em renda fixa. As estatísticas do site provam isso, com artigos sobre Tesouro Direto, CDBs, letras de crédito imobiliário, cadernetas de poupança e fundos imobiliários ocupando o topo do ranking dos artigos mais acessados no ano passado.

Vasculhando as estatísticas, percebi que o artigo, sobre ações, mais bem posicionado no ranking de acessos de 2011 foi esse [INI] Tenho 10 mil reais e quero investir em ações. Aplico tudo de uma só vez ou invisto mil reais todo mês?, que figura apenas na posição #33. Será que em 2012 esse cenário muda? Eu aposto que sim.

Diga-me os artigos que mais lê, e direi quem tu és

De um modo geral, pelos artigos mais populares de 2011, é possível intuir algumas características do leitor típico do blog. Ele é um sujeito que pratica a frugalidade, ainda que inconscientemente, afinal, os dois artigos que ocupam o topo do ranking tratam exatamente dessa temática, com dicas sobre como economizar mais, seja com tarifas bancárias, seja com compras. Ademais, ele é um leitor que está antenado com os investimentos, é ávido por novidades, mas não fica bitolado com números, balanços e afins, afinal, apesar dos inúmeros livros sobre investimentos aqui resenhados, a resenha mais acessada em 2011 foi, conforme dissemos acima, de um livro que não tem nada a ver com finanças, e tem tudo a ver com qualidade de vida, como alimentação, sono e atividade física, temas centrais da obra “A semente da vitória”.

Além disso, apesar da preocupação em fazer seu dinheiro render mais, com controle de risco, ele é um leitor que, embora pratique a frugalidade, também sabe aproveitar as coisas boas da vida, como consumir, mas consumir com inteligência, utilizando estratégias para minimizar o impacto tributário sobre bens e serviços que compra, bem como estratégias para acumular milhas no cartão de crédito sem oneração de seu orçamento doméstico.

Outro dado importante a ser ressaltado, como fruto dessa pesquisa, é que esse mesmo leitor típico é um leitor eclético, pois adora tanto ler blogs de primeira linha sobre investimentos, como o HC Investimentos e O Pequeno Investidor, mas também não perde uma postagem dos maravilhosos Aquela Passagem ou Viaje na Viagem, pois ele sabe que o lazer é tão importante quanto fazer aplicações financeiras, sendo as viagens um excelente investimento em sua saúde física e principalmente mental. É esse leitor eclético e ultraqualificado que movimenta as caixas de comentários do blog (algumas concorridíssimas), com depoimentos, dicas, macetes e truques muitas vezes mais ricos de conteúdo do que o próprio corpo do texto principal (tanto é que alguns comentários acabaram depois virando artigos, como esse), fazendo que essas caixas de comentários se tornassem uma espécie de “blog paralelo” dentro do próprio blog Valores Reais, que conseguem manter vivos e atuais muitos artigos e assuntos que, de outra maneira, ficariam ao relento. É por essas e outras que assino os feeds RSS dos comentários, e sugiro que você o faça também.

Que nesse ano de 2012 continuemos a produzir mais conhecimento, levando inteligência não só na hora de investir seus ativos, mas também na hora de consumir, bem como aproveitar as outras coisas boas que a vida tem a nos oferecer! 😀

É isso aí!

Um grande abraço, e que Deus os abençoe!

Print Friendly, PDF & Email

,

6 Responses to Resumão: os 21 artigos mais populares do Valores Reais em 2011!

  1. Jônatas R. Silva 16 de janeiro de 2012 at 7:36 #

    Guilherme,
    Parabéns pelo sucesso do VR. Fico grato em poder aprender contigo semanalmente.
    Ainda mais sucesso em 2012.

    Abraço.

  2. Thiago Dias Quintino 16 de janeiro de 2012 at 20:41 #

    Parabéns Guilherme pelo sucesso de seu blog amigo.

    Gostei muito do seu resumão. São artigos interessantíssimos e indispensáveis para quem gosta de aprender a lidar com as finanças.

    Seria bacana que vc criasse uma série dos seus artigos sobre educação financeira.

    Muito sucesso amigo.

    Abração.

  3. César 17 de janeiro de 2012 at 14:33 #

    Guilherme, parabéns pelo sucesso do site, que não seria possível sem a altíssima qualidade dos textos publicados!

    Meus textos favoritos são os, digamos, não financeiros!

    Que 2012 traga uma safra ainda melhor!

  4. Guilherme 17 de janeiro de 2012 at 20:16 #

    Obrigado, pessoal! Thiago, sugestão anotada!

    É isso aí!
    Um grande abraço, e que Deus os abençoe!

  5. pobretão de vida ruim 20 de janeiro de 2012 at 22:31 #

    Estou com dúvidas, você já tira alguma renda do site ou ela é nula? Um site deste porte poderia já ter faturamentos interessantes não?

    Pergunto pois o Fábio do pequeno investidor me parece estar tendo prejuízo o que é um absurdo com o tanto de publicidade que tem o site e tem 2000 visitas por dia. Ele paga 200 reais no servidor.

    É isso mesmo?

  6. Guilherme 22 de janeiro de 2012 at 15:16 #

    Ela é nula. O trabalho é totalmente voluntário.

    Quanto aos gastos para manutenção do site, é nessa faixa que o Fábio disse mesmo.

    É isso aí!
    Um grande abraço, e que Deus os abençoe!

Deixe uma resposta

Powered by WordPress. Designed by Woo Themes