A inflação chegou às milhas aéreas: Fidelidade TAM cobrando 15 mil pontos por trecho na América do Sul (exceto Brasil) a partir de julho! Que vergonha, TAM!

Que a inflação está assustando todo mundo, isso é fato. Os preços estão subindo numa escalada impressionante. É tarifa bancária, é gasolina, é o quilo do self-service mais próximo, é a passagem de ônibus, é o metrô etc.

Mas a TAM está inovando e tratando seus clientes fiéis da pior forma possível: aumentando não (só) o preço das passagens aéreas, mas também a quantidade de pontos para resgatar trechos dentro da América do Sul! Antes, com 10 mil pontos, você conseguia tranquilamente emitir um trecho para Buenos Aires ou Santiago. Agora, pasmem, o preço da viagem em milhas aumentou impressionantes 50%. Serão necessários 15 mil pontos, a partir de julho. 50%. Cinquenta por cento. C-I-N-Q-U-E-N-T-A. De uma hora para outra. Que vergonha, TAM! É dessa forma que vocês gostam de tratar seus clientes mais fiéis, que optam por acumular pontos no seu programa de fidelidade? É punindo seus associados e passageiros mais frequentes que se conquista a fidelidade deles?

O Rodrigo publicou a notícia no Aquela Passagem, e não deu outra: mais de 150 comentários, a maioria esmagadora indignada, como eu, com essa inesperada inflação de milhas aéreas.

Estou cada vez mais decepcionado com a TAM. Só espero que a LAN, que comprou a TAM, faça alguma coisa e melhore (e muito), no sentido de resolver os inúmeros problemas que inúmeros clientes vêm tendo com ela. Senão, ela corre o risco de ter o mesmo destino de empresas como a Vasp, Varig, Transbrasil… :((

Ratifico integralmente o que disse meu amigo Rodrigo:

“Não tem jeito mesmo. A Tam está dando um jeito de piorar ainda mais a vida do associado do seu programa de fidelidade. Nossa pesquisa de opinião sobre programas de fidelidade já mostrou que o descontentamento dos associados do Fidelidade supera o dos demais principais programas usados pelos leitores.

Depois não adianta ficar chateado com o fato de muitos estarem chamando o Fidelidade Tam de Infidelidade Tam…

A você associado e fiel ao Fidelidade resta a atitude de protestar enviando emails ao Fidelidade e ao Fale com o Presidente. Quem sabe ela não ouve quem é fiel aos seus serviços?”

Acorda, TAM!

Canais de reclamação:

Twitter: http://twitter.com/tamairlines

Fale com o Presidente: 0800 123 200

Reclame Aqui: http://www.reclameaqui.com.br/indices/277/tam-linhas-aereas/

É isso aí!

Um grande abraço, e que Deus os abençoe!

Print Friendly, PDF & Email

20 Responses to A inflação chegou às milhas aéreas: Fidelidade TAM cobrando 15 mil pontos por trecho na América do Sul (exceto Brasil) a partir de julho! Que vergonha, TAM!

  1. Flávio 19 de maio de 2011 at 0:45 #

    As empresas aéreas estão com o poder de emitir moeda (milhas) e sem lastro. A melhor forma de reduzir suas dívidas em milhas é uma boa dose de inflação. Que maravilha… Parece até o FEDERAL RESERVE emitindo dólares sem ter ouro.
    TODO MUNDO GANHA COM ESSA HISTÓRIA DE MILHAS MENOS NÓS OS CONSUMIDORES.
    Cia Aérea emite milhas e vende para as Adm. de Cartão.
    Adm. de Cartão cobram tarifas abusivas dos comerciantes e repassam uma parte pequena das tarifas para os clientes com milhas compradas com desconto.
    Nós os clientes ficamos com as milhas depreciadas em troca do pagamento das nossas despesas com cartão em um valor mais alto do que seria caso comprássemos à vista.
    Tem até posto emitindo KM de supostas “vantagens” em troca de combustível mais caro.
    Eu também gostaria de emitir um passivo sem controle a perder de vista…

  2. Henrique Carvalho 19 de maio de 2011 at 9:46 #

    Ótimo comentário Flávio!

    Extremamente inteligente.

    Abraços!

  3. Flavio 19 de maio de 2011 at 10:37 #

    Eu, sempre que possível, prefiro transferir a smilhas do cartão de crédito para a Gol (Smiles). Agora tenho mais um motivo para isso.

  4. Ricardo Borges 19 de maio de 2011 at 12:29 #

    Acompanho o Guilherme nos seus comentários.
    Não concordo com um aumento de 50% conforme feito pela TAM.
    Quase não compensa mais ter um cartão de crédito que lhe dê milhagens, por diversos motivos que elenco abaixo:
    – o cartão de crédito internacional tem uma taxa de administração que chega próximo de R$ 400,00 (pelo menos o meu da Caixa, provavelmente se não me derem um desconto vou mandar cancelar um cartão);
    – quando o consumidor vai resgatar os pontos as dificuldades são enormes, principalmente, se for em épocas de alta temporada;
    – o atendimento da TAM é péssimo, seja pela internet, telefone ou pessoalmente nos balcões dos aeroportos. Inclusive, tenho um processo no PROCON, e vou processar judicialmente a TAM por uma viagem que ela alterou o voo e eu não concordei, cobraram o valor das passagens e, não me restituíram o dinheiro. Fiz também uma reclamação no sítio “Reclame Aqui”;
    – Numa reportagem da Revista Proteção é comentado que os colaboradores da TAM sofrem muito com a falta de respeitos às leis trabalhistras, principalmente no que diz respeito à Higiene e Segurança do Trabalho. Basta lembrar da greve programada para o final do ano passado e início deste, cujas reinvindicações não eram apenas salariais;
    – outras empresas aéreas estão atendendo melhor que a TAM (só mencionarei o nome caso o Guilherme autorize).
    – quando se esta fidelizado a um plano de uma empresa, fica-se automaticamente preso a ela. Nisto, é necessário ter um cartão de crédito que lhe dê opção de transferir seus pontos para outra empresa, este é um dos motivos que não tenho mais o TAM ITAUCARD.

  5. Carlos 19 de maio de 2011 at 14:26 #

    E não é só isso…
    Já em Dezembro do ano passado fui emitir passagens na TAM e minha surpresa: Não havia passagens disponíveis no trecho que eu queria. Mas, se eu pagasse o dobro das milhas “aparecia” um lugar… O vôo custava 20.000 pontos por trecho, mas iam sair 40.000 (o preço de uma executiva).

    AS milhas da TAM eram as melhores, agora…
    Já na GOL acontece o contrário. Emiti uma volta de Buenos Ayres por 6.000 pontos! É 3 vezes menos que essa nova tarifa inflacionada da TAM.

    Será que eles não vêem que podem até reduzir gastos, mas vão ter menos fidelidade dos clientes?

  6. Carlos 19 de maio de 2011 at 14:27 #

    Esqueci de comentar: A atendente da loja da TAM me falou na época que o motivo das mudanças é a entrada da empresa na Star Aliance. Tem muita gente usando pontos de fora da TAM pra viajar por aqui e vice-versa. Aí todo esse passivo deve estar aumentando as passagens gratuitas emitidas.

  7. Marcos 19 de maio de 2011 at 18:54 #

    Usar o pontos TAM no Multiplus seria uma opção. Ou será que inflacionaram também?
    Apesar que o programa Multiplus já não é grandes coisas.
    []’s
    Marcos

  8. Emilio 19 de maio de 2011 at 21:36 #

    É impressionante como nós somos tratados (aumento de 50% na emissão de passagens a partir de julho/2011). Se a gente não reclamar, vai parecer que concordamos com esta atitude unilateral da TAM, concordam ?
    Já fiz reclamação via facebook.

  9. Flavio 20 de maio de 2011 at 14:37 #

    Por isso que eu não faço esses cartões de crédito de cia aérea. Quero ter a opção de transferir minhas milhas para a cia que me for mais conveniente.

    Definitivamente, precisamos de mais concorrência no setor aéreo paras ssair desse duopólio de TAM e Gol.

  10. Arlen Nascimento 21 de maio de 2011 at 12:43 #

    Quando eu recebi a newsletter informando esse aumento, achei curioso. Se o valor da passaem aumenta, não há nenhuma necessidade de o número de pontos pra resgatar uma passagem aumentar É pura oportunismo.

    Outra coisa ridicula é o multiplus. Pra resgatar qualquer besteirinha é preciso uma quantidade enorme de pontos. E o pior disso é que tem várias empresas se associando ao multiplus. Eu mesmo tenho mais de 3 mil pontos na Oi (1 ponto = 1 real) e não posso resgatar nada que se aproveite, o celular mais vagabundo do catálogo do multiplus custa quase 9 mil pontos (http://www.multiplusfidelidade.com.br/ponto_frio/telas/departamento/departamento.aspx?categoria=127&subCategoria=12601)

  11. Marcos 22 de maio de 2011 at 14:40 #

    Guilherme,

    Tudo bom?

    Você tem alguma informação sobre o CDB direto do Banco FICSA?
    http://www.cdbdireto.com/index.html

    Eles oferecem taxa de 13 aa. Uma bela taxa, mas no site não tem informação de agências.

    Seria legal ver um artigo a respeito.

    []’s,
    Marcos

  12. Anônimo 23 de maio de 2011 at 15:43 #

    Entrei no site http://www.cdbdireto.com e ao clicar na opção “Fale com um de nossos consultores financeiros” fui atendido por alguém que se identificou como Valmir. O mesmo foi extremamente educado e me passou um site dizendo que ia dar uma palestra de como investir no CDB: http://www.aulavox.com/2010/valmird/aplicar.htm. Entrei no site que ele me passou e, segundo consta, o nome da pessoa que me atendeu é Valmir Duarte Costa. Isso tudo me deixou com a pulga atrás da orelha. Consultei o site http://www.bancoficsa.com.br no registro.br e a resposta foi de que este site pertence ao Banco Ficsa. Já ao consultar o site http://www.cdbdireto.com no http://www.domaintools.com a resposta foi de que este site pertence ao Sr. “Valmir Costa”. Enfim, CUIDADO, muito cuidado pessoal com promessas de rendimentos altos sem antes checar muito bem para aonde estão colocando seu suado dinheiro. Pode até ser que o site seja idôneo, mas convém checar bem cuidadosamente. Seria interessante entrar em contato com o Banco Ficsa, o que não consigo fazer aqui da empresa. Espero que me desculpem por estar postando como anônimo, mas prefiro não me identificar. Um abraço!

  13. Anônimo 24 de maio de 2011 at 16:31 #

    Confirmo a minha recomendação de MUITO CUIDADO aos leitores deste site, com relação a este produto “CDB Direto”. Hoje entrei novamente no http://www.cdbdireto.com e fui atendido por alguém que se identificou como Alexandre. O mesmo respondeu que fazia parte de uma “unidade de negócios” do banco. Ao questionar do que se tratava esta “unidade de negócios” e qual o vínculo legal deles com o banco, o mesmo se recusou a responder e insistiu para que eu fornecesse meus dados e telefone. Questionei ainda o porquê do site http://www.cdbdireto.com estar em nome de Valmir e ele não respondeu. Por fim, ao dizer que eu trabalhava na área de segurança pública, o mesmo simplesmente fechou a janela de atendimento. Acredito que estas atitudes não condizem com o comportamento de uma instituição séria e que não tenha nada a esconder.

  14. Valmir Duarte Costa 27 de maio de 2011 at 16:54 #

    Olá !

    Meu nome é Valmir Duarte Costa e trabalho para o Banco Ficsa S/A na divulgação do CDB Direto .

    O dominio do cdbdireto.com.br como também do cddireto.com esta em fase de transferência para o Banco Ficsa S/A .

    Ao entrar no site do Banco Ficsa S/A ( http://www.bancoficsa.com.br ) você encontrará um link para o CDB DIRETO, sugiro até que ligue para o telefone do SAC ( serviço de atencimento ao cliente ) do Banco .

    Para quem desejar conhecer um pouco mais sobre quem sou eu, basta acessar http://www.fundos.com e ver o trabalho que realizo há mais de 10 anos sobre educação de investidores, trabalho esse, complementado pelos meus 7 anos a frente da Aulavox ( http://www.aulavox.com ) 1º portal brasileiro de áudio e video conferência na internet brasileira onde mais de 97.000 pessoas já estiveram conosco em algum de nossos eventos .

    A internet proporciona uma incrível redução de custos administrativos, razão pela qual o Banco Ficsa S/A pode oferecer mais taxa para pequenos valores . Além da garantia que a instituição oferece , por se tratar de um Certificado de Depósito Bancário , o investidor contará ainda com a garantia do Fundo Garantidor de Créditos (http://www.fgc.org.br).

    Por fim convido todos os amigos desse forum a participarem de nossa palestra pela internet onde abordarei como aplicar no CDB DIRETO , o link para inscrição é : http://www.aulavox.com/2010/valmird/aplicar.htm

    Obrigado pela atenção .

    Valmir Duarte Costa
    http://www.cdbdireto.com
    011 2759 1312
    011 9526 4511

  15. Guilherme 27 de maio de 2011 at 18:21 #

    As informações sobre esse tipo de investimento podem ser buscadas diretamente com o banco que oferece o produto.

    Apenas destaco que esse blog possui isenção legal sobre qualquer comportamento que venha a ser assumido pelos leitores, conforme os termos de uso do site. Mensagens que contenham teor publicitário e/ou comercial serão moderadas, a critério da administração do site.

    Somente recomendo aos leitores que prestem bastante atenção na questão da transparência dos produtos oferecidos no mercado. E lembrem-se também da questão risco/retorno: quanto maior o retorno, maior também tende a ser o risco…

    É isso aí!
    Um grande abraço, e que Deus os abençoe!

  16. Guilherme 27 de maio de 2011 at 19:44 #

    SObre o assunto do post: agradeço a todos pelos comentários, em especial ao Álvaro Modernell, que citou o blog em uma reportagem do portal InfoMoney.

    Protestar contra medidas abusivas é uma maneira de exercitar o direito de reclamar que nós, consumidores, temos, e que muitas vezes funciona!

    É isso aí!
    Um grande abraço, e que Deus os abençoe!

  17. Fabiano Torres 20 de outubro de 2011 at 15:54 #

    O Programa de acúmulo de pontos no programa fidelidade é um adicional (bônus) oferecido pela TAM. O acúmulo de pontos não faz parte do contrato adquirido pelo passageiro ao comprar e utilizar a passagem. O contrato é levar o passageiro do ponto A ao ponto B em segurança.
    A TAM, como qualquer outra companhia aérea, tem o DIREITO de remanejar e mudar as regras do programa quando bem entender. Está nas regras do programa fidelidade (que você leu e aceitou ao se cadastrar). Não há injustiça alguma o fato da TAM aumentar a quantidade de pontos exigida para uma viagem bônus.
    A TAM tem o direito também de restringir e limitar a quantidade de assentos disponíveis para viagens bônus. Isto não pode ser considerado injustiça.
    É ela que dita as regras e você não tem o direito de dizer a ela o que fazer.
    Você tem a opção de voar com qualquer companhia e de aderir aos programas de qualquer empresa.

  18. Guilherme 20 de outubro de 2011 at 20:43 #

    Grato pela informação, Fabiano!

    É isso aí!
    Um grande abraço, e que Deus os abençoe!

Trackbacks/Pingbacks

  1. A inflação chegou às milhas aéreas: Fidelidade TAM cobrando 15 mil … | Voe Real - Passagens Aéreas - 19 de maio de 2011

    […] de pontos para resgatar trechos dentro da América do Sul! Antes, com 10 mil pontos, … TAM – Pesquisa de blogs do Google Posts Relacionados:Deixe seu Comentário: Tam Fidelidade Milhas Multiplus ItaucardPromoção 8 Mil […]

  2. Calculadora de Pague Contas vs Bloco de Milhas | BankReview - 29 de maio de 2011

    […] Veja: A inflação chegou às milhas aéreas: Fidelidade TAM cobrando 15 mil pontos por trecho na América…. […]

Deixe uma resposta

Powered by WordPress. Designed by Woo Themes