Colocando suas contas em débito automático: por quê não?

Com cada vez mais contas para pagar, e cada vez menos tempo para aproveitar o que realmente agrega valor à nossa vida, tenho feito reflexões ultimamente sobre a utilidade de um serviço – opcional – que muitos bancos e prestadores de serviços disponibilizam: o pagamento mediante débito automático (em conta-corrente ou cartão de crédito). Cheguei a explorar esse assunto num artigo publicado em maio – Débito automático no cartão de crédito ou na conta-corrente? – mas agora resolvi ampliar a discussão sobre outro enfoque, que é justamente a questão do gerenciamento do tempo, esse ativo tão valioso e tão escasso hoje em dia.

Se você parar para pensar um pouquinho, a atividade de efetuar pagamentos de contas – energia elétrica, TV por assinatura, telefone, celular, Internet fixa, Internet móvel – é uma típica tarefa que não agrega valor às nossas vidas. Hoje, com a possibilidade de realizar pagamentos via Internet, ganhamos um tempo precioso, em relação a outros tempos, em que só podíamos efetuar pagamentos em caixas eletrônicos – ou até agências bancárias, enfrentando as intermináveis filas.

Porém, o débito automático é um serviço mais eficiente ainda, que nos permite ganhar preciosos minutos extras, que seriam gastos gerenciando contas, boletos e carnês. As vantagens e desvantagens dessa modalidade de quitação de contas já foram explicadas no artigo acima referido e, embora haja alguns bônus interessantes, como pontos no programa de relacionamento com o banco e até tranquilidade para evitar atrasos, que invariavelmente podem ocorrer, creio que a principal vantagem ainda consiste no fator tempo, ou melhor, no ganho de tempo.

Eu confesso que via com reservas essa modalidade de serviço bancário (dada minha preferência de sempre pagar antes da data de vencimento), porém, tenho amadurecido minhas reflexões a respeito, em função da priorização de atividades que adicionem utilidade ao meu dia-a-dia (e convenhamos, gastar tempo para pagar contas não gera os mesmos dividendos que gastar tempo lendo, escrevendo ou se exercitando). O Investimentos & Finanças publicou um interessante artigo a respeito, em que ele se mostrou adepto dessa forma de gerenciamento de suas finanças pessoais. Eu caminho no mesmo sentido. E você?

Além das facilidades do débito automático, ainda podemos contar com os benefícios do crédito automático, ou melhor, do débito automático para planos de investimentos, que alguns bancos oferecem. É verdade que a maioria dos fundos e produtos de investimentos de bancos de varejo não são lá essas coisas, mas, mesmo assim, torna-se interessante essa alternativa, que permite construir patrimônio sem passar pela via de sua vontade, a qual pode ser exercitada no sentido de não fazer investimentos, em momentos como situações de estresse ou grave crise pessoal.

Essas e outras simples medidas, como o crédito automático do salário na poupança e priorização de resgate automático de investimentos, permitem a você usufruir do máximo de tranquilidade no gerenciamento de seus investimentos, sem gastar muito tempo para tal finalidade, sobrando tempo, como diz Henrique Carvalho, para aquilo que é mais importante para você: viver!

É isso aí!

Um grande abraço, e que Deus os abençoe!

Print Friendly, PDF & Email

32 Responses to Colocando suas contas em débito automático: por quê não?

  1. Henrique Carvalho 18 de dezembro de 2010 at 13:24 #

    Olá Guilherme!

    Eu utilizo o crédito automático em minhas contas! A facilidade e o menor tempo gasto valem a pena!

    Só é preciso ter uma maior controle para cuidar melhor do fluxo de caixa de sua conta.

    Abraços!

  2. Investimentos e Finanças 18 de dezembro de 2010 at 13:47 #

    Fala Guilherme,

    Débito automático é muito bom. Coloco tudo que é possível em débito automático. E no internet banking a conta a ser paga aparece como débito futuro vários dias antes da data. Então dificilmente voce vai ser pego de surpresa.

    Outro serviço muito bom depois que estiver em débito automático é vc cancelar o envio mensal da fatura da conta corrente e do cartão de crédito. Dá pra acompanhar tudo pelo internet banking e vc não fica recebendo e acumulando um monte de papel inútil.

    Abs

  3. Flavio 18 de dezembro de 2010 at 16:28 #

    Eu coloco tudo que posso em débito automático. Só não faço isso pro cartão de crédito pois sempre confiro todos os lançamentos da fatura (já peguei erros mais de uma vez).
    E quando eu pago alguma coisa em parcelas (o que não me dão desconto no pagamento à vista, como seguro do carro/casa etc) eu deixo logo todos os pagamentos agendados que é para eu não esquecer.

  4. Gisely Chessed 18 de dezembro de 2010 at 17:11 #

    Tenho várias faturas em débito automático e outras eu agendo no bankline, principalmente quando quero pagar adiantado ou as faturas ocasionais. Realmente tempo é um ativo poderoso e ir ao banco é uma imensa perda dele.

  5. Gisely Chessed 18 de dezembro de 2010 at 17:21 #

    Ah, meu filho Gustavo (12 anos), que também lê seus posts, me pediu pra avisá-lo que as contas dele também estão em débito automático!
    Ele adora o tema, o primeiro livro que ele me pediu foi Pai Rico Pai Pobre em quadrinhos!

  6. Jônatas 18 de dezembro de 2010 at 17:30 #

    Fala Guilherme,

    Tenho todas as contas em débito automático.
    A fatura do cartão de crédito recebo apenas por e-mail, acho mais prático e econômico.
    Também está programada a transferência mensal para a poupança do valor mensal economizado para o pagamento das contas pesadas de início de ano.
    Em resumo, tudo que é possível programar para ser executado de forma automática eu utilizo.

    Abraço!

  7. Willy Fog 18 de dezembro de 2010 at 20:00 #

    Guilherme
    .
    Minhas contas também estão todas no débito automático na conta-corrente. Você saberia dizer quais cartões de crédito permitem o débito automático de faturas?
    .
    Abcs

  8. Erico 18 de dezembro de 2010 at 22:10 #

    Nao tenho nenhuma conta em debito automatico!

    Enquanto os valores vem certos tudo eh otimo mil maravilhas…
    Quando vem um erro na conta da internet, ou do celular, ou do cartao de credito, e vc pagou porque estava no automatico o tempo que vai levar para conseguir a grana de volta nao justifica os 2 minutos que se leva para pagar!

    Alias, cartao de credito tb nao uso mais! Cansei de ter que reclamar por faturas incorretas, e negociar taxas anuais! Agora soh uso debito…

    Conta que pode colocar no automatico (mas q tb nao coloquei) sao luz e aluguel que sempre vem corretas!

    Quem aqui nunca teve uma conta da Net tv a cabo/internet/telefone com valor errado?? conta de celular com ligacao nunca feitas? (alias troquei o meu pra cartao!! rs rs)

    abss

  9. Guilherme 18 de dezembro de 2010 at 22:52 #

    Olá, pessoal! Vou ver se amanhã consigo atualizar e responder a todos os comentários – e foram muitos! – ao longo dos últimos dias!

    É isso aí!
    Um grande abraço, e que Deus os abençoe!

  10. Henrique Carvalho 19 de dezembro de 2010 at 1:05 #

    Gisely Chessed :
    Ah, meu filho Gustavo (12 anos), que também lê seus posts, me pediu pra avisá-lo que as contas dele também estão em débito automático!
    Ele adora o tema, o primeiro livro que ele me pediu foi Pai Rico Pai Pobre em quadrinhos!

    Gisely,

    Muito legal seu comentário!

    E se seu filho já lê o blog do Guilherme com esta idade, imagine a bagagem sobre dinheiro e investimentos que ele terá?!

    Abraços!

  11. Gisely Chessed 19 de dezembro de 2010 at 10:04 #

    @Henrique Carvalho
    Pois é, orgulho da mamãe!!:)

  12. Guilherme 19 de dezembro de 2010 at 14:49 #

    Henrique, bem dito por você: controle é fundamental!

    IF, esse outro serviço é bem útil mesmo!

    Flavio e Jônatas, bela organização!

    Willy, os cartões dos bancos em que você é correntista tem esse tipo de serviço. Não sei qto aos cartões de lojas.

    Erico, realmente é de se pensar…

    Gisely, que interessante seu filho de apenas 12 anos ler os posts aqui do VR!!! Parafraseando o meu amigo Henrique, imagine se ele também estiver lendo os posts do HC Investimentos também… com essa idade, e com o conhecimento adquirido, os juros compostos serão turbinados às alturas!!! Olha, gostei demais dessa notícia! Parabéns pra ele, parabéns pra mamãe, parabéns pra família!!!

    É isso aí!
    Um grande abraço, e que Deus os abençoe!

  13. Jônatas 19 de dezembro de 2010 at 17:04 #

    @Erico

    Faz anos que tenho tudo que possível em débito automático e nunca houve erros.

    Abraço!

  14. Finanças Inteligentes 19 de dezembro de 2010 at 18:29 #

    As contas em débito automático podem ser bloqueadas caso você não queria pagar, a fatura não será debitada e ficará em aberto.

    Abcs,

  15. Evertonric 20 de dezembro de 2010 at 14:23 #

    Tenho tudo em débito automatico, explico: a mais ou menos 5 anos atraz fui viajar e não paguei algumas contas, não me lembro o motivo, mas quando voltei e vi as contas sobre o criado mudo, e com dinheiro suficiente na conta corrente , no banco, e posteriomente pagando juros sobre aquloi que esta no criado mudo, meu amigo, me deu uma dor no coração, saber que tive que dar um pouco mais do meu precioso dimdim para o banco (em forma de juros)…..karaca, que raiva de mim mesmo, rsrsrsss
    Apartir dai , tudo no débito automatico, sempre, assim não esqueço e posso viajar a vontade, controlando tudo pela internet, esta maravilha que Deus enventou…rrsss
    Abraços

  16. Gisely Chessed 20 de dezembro de 2010 at 15:02 #

    Muito obrigada pelo incentivo, educação passa pelas finanças, principalmente pelas finanças!

  17. Ronei 21 de dezembro de 2010 at 14:53 #

    Gente que legal!Chega a ser gostoso ler seus artigos!
    Muito bom!

  18. Guilherme 5 de janeiro de 2011 at 23:19 #

    Valeu, Ronei, valeu, pessoal!

    É isso aí!
    Um grande abraço, e que Deus os abençoe!

  19. Eder 25 de janeiro de 2011 at 17:09 #

    Diferentemente da opinião de vocês, eu sou extremamente CONTRA cadastrar as contas em débto automático, porque as empresas prestadoras de serviço no Brasil são as piores do mundo, bem como as instituições bancárias. Daí você pega uma empresa como TIM, CLARO, VIVO, TELEFONIA FIXA, ÁGUA, TV a CABO, etc… e coloca no débito automático. Vai tudo bem, até que uma F.D.P de empresa dessas debita uma conta de telefonia de R$ 5.000 na sua conta-corrente, que você acreditava ser de R$ 50,00, atrasando a entrega do comprovante na sua residência. Até você resolver esse problema, seus cheques e sua vida financeira RUIU, simplesmente, porque nenhuma dessas empresas, nem o banco, respeitam o Código do Consumidor, e nesse País inexiste Ministério Público ou Justiça.
    Prefiro o velho boleto, porque só pago se estiver de acordo com a cobrança. Se houver divergência, eles vão ter que correr atrás de mim, pra receber, e não ao contrário, pra eu tentar reaver o que me foi roubado.
    Pensem nisso!

    • marcelo 13 de agosto de 2015 at 14:58 #

      FICA A DICA: CASO SEJA FEITA UMA COBRANÇA INDEVIDA, O DIREITO DO CONSUMIDOR GARANTE QUE A QUANTIA SEJA DEVOLVIDA EM DOBROJUSTAMENTE PRA COBRIR ESSES PROBLEMAS. 100% DE RETORNO EM UM OU DOIS MESES? EU GOASTARIA QUE ME COBRASSEM INDEVIDAMENTE TODO MES, RS-

  20. Guilherme 25 de janeiro de 2011 at 23:44 #

    Eder, muito interessantes suas reflexões sobre os pontos negativos do débito automático. Tenha certeza de que a divergência de opiniões sobre um mesmo assunto, exposta de forma justificada, como é o seu caso, nos faz refletir melhor e tomar decisões mais maduras sobre o tema em questão!

    É isso aí!
    Um grande abraço, e que Deus os abençoe!

  21. Fernando 27 de abril de 2012 at 16:30 #

    Pratico o que foi dito pelo Eder há anos.

    Também tive problemas com débitos automáticos de telefonia, que trouxeram muitas dores de cabeça para ter de volta os valores cobrados injustamente.

    Outra fonte de vários problemas com o débito automático, foram as assinaturas de periódicos (Folha de SP, Editora Abril e Estadão) os quais me ofereciam seus serviços/produtos com pagamento nessa modalidade, apesar de não praticarem cobranças injustas, renovavam automaticamente minhas assinaturas, sem meu prévio consentimento, e, quando questionados prometiam cancelar imediatamente o serviço/produto, o que não ocorria e o problema se prolongava por meses (quando questionava os jornais à cerca do recebimento diário, afirmavam ser uma ‘bonificação’ por ser cliente por tanto tempo, mas no mês seguinte estava lá a cobrança e não havia ‘bonificação’ alguma e a briga voltava)…

    O Banco, quando questionado, na maioria das vezes dificultava o cancelamento do débito automático, alegando ser um problema meu com a empresa cobradora/prestadora de serviços.

    Aos poucos fui aniquilando cada um deles, hoje todos os meus pagamentos são feitos via boleto e online, com os respectivos comprovantes salvos em PDF contendo a assinatura eletrônica, são 5 minutos por mês, que me economizam horas ou até mesmo dias de dores de cabeça, visitas à agência bancária, filas de espera, telefonemas intermináveis, tudo por causa uma cobrança indevida.

    Digo a vocês… Vale a pena!

  22. Enzo 28 de abril de 2013 at 19:58 #

    Assim como nosso colega Eder, também abomino o débito automático pelos mesmos motivos que ele citou. Essa modalidade depagamento só é sinônimo de economia de tempo e tranquilidade quando a qualidade no atendimento ao cliente e a confiança na empresa estão em alta, características raríssimas dentre os prestadores de serviços do Brasil.

    Não tem como ficar tranquilo ao pagar uma conta qualquer por aqui sem ter CERTEZA de que os valores estão corretos conferindo bem antes de pagar. Se vou me ocupar conferindo conta por conta para identificar possíveis erros de cobrança, não há razão lógica para autorizar o débito automático delas, visto que o tempo que eu gastaria para processar o pagamento de um boleto “manualmente” é insignificante, coisa de segundos, já que o que demora mesmo é conferir se o valor está certo, coisa que todo mundo, pagando com débito automático ou não, faz (ou deveria fazer).

    Além disso, complementando o que o Eder falou, o processo de estorno de valores cobrados indevidamente é MUITO MAIS LENTO do que o processo de análise e emissão de nova cobrança com valor corrigido. Em outras palavras, vale mais à pena não pagar o boleto e brigar pela correção da cobrança do que pagar e rezar para receber o estorno sem “demoras desnecessárias”.

    • Guilherme 5 de maio de 2013 at 17:48 #

      Grato pela participação, Enzo!

      É bom sempre termos pluralidade de opiniões aqui, para que os leitores possam ver as vantagens e desvantagens de cada sistema.

  23. Shanna Capell 4 de novembro de 2014 at 12:14 #

    Aqui nunca tivemos débito automático. Meu pai esqueceu de pagar uma conta de luz no mês de agosto. No mês seguinte, pagou a de setembro. A empresa veio no prédio sem avisar para cortar a nossa luz. A sorte foi que o porteiro nos chamou e imploramos para não fazê-lo pois foi apenas um esquecimento. Descobrimos por nós mesmos o que tinha acontecido. A empresa não nos notificou. Foi uma humilhação para uma família honesta, sem pendências.

    Se contas no débito automático podem ser bloqueadas caso você não queria pagar, não vejo problema em utilizá-lo.

  24. Guilherme Passos 19 de fevereiro de 2015 at 10:11 #

    Olá Pessoal, sou novo aqui!

    Me digam uma coisa, li todos os posts, mas ficou uma dúvida, é fácil o cancelamento do Débito Automático pelo banco? Ex: Se minha fatura veio incorreta, consigo cancelar o pagamento pra analisar a prestação dos serviços? E se eu cancelar uma, como consigo quitar a mesma?

    • Guilherme 20 de fevereiro de 2015 at 8:54 #

      Olá Guilherme, em tese sim, desde que não seja feita “em cima da hora”, por exemplo, fatura vence dia 22, você querer cancelar no dia 21.

      Acho que cada banco tem regras específicas em relação a esses procedimentos.

      Conseguir quitar você consegue, desde que pague antes do vencimento, caso queira evitar juros e multa.

      Abç

  25. Mônica 7 de agosto de 2015 at 18:07 #

    Olá, Guilherme!
    Uma dúvida… eu consigo colocar um boleto em débito automático mesmo se ele tiver com alguns boletos em atraso? No caso colocaria o que está ainda por vencer, e o que venceu estou pagando aos poucos… Eu consigo? Obrigada!

    • Guilherme 8 de agosto de 2015 at 11:59 #

      Mônica, acredito que sim!

      Abraços!

      • Mônica 8 de agosto de 2015 at 12:37 #

        Muito obrigada pela atenção!

  26. Nadine 7 de novembro de 2015 at 13:00 #

    Olá!

    Estou com um grande problema na família. A pessoa faleceu e deixou todas as faturas em débito automático. Como não há testamento, o valor na conta do banco foi bloqueado até que seja feito inventário para a distribuição do dinheiro.

    Mesmo com a conta bloqueada, as faturas em débito automático continuam a ser debitadas normalmente ou fica como se não tivesse pago? Ou é necessário entrar em contato com cada serviço, cancelar o débito em conta e só depois disso cancelá-los?

    Muito obrigada :))

Deixe uma resposta

Powered by WordPress. Designed by Woo Themes