5 dicas sobre o que vistoriar na escolha de um imóvel para comprar ou alugar

Planejamento é essencial não só para realizar compras de bens de consumo não-duráveis, mas também quando se trata da escolha da própria moradia. Afinal, como disse certa vez Mauro Halfeld, na CBN, “morar bem é qualidade de vida”.

Esse artigo não se propõe, como poderia aparecer à primeira vista, a tratar dos aspectos financeiros que envolvem a compra ou aluguel de uma moradia – já tratamos disso em outro artigo. Ele trata de aspectos mais concretos dessa escolha, ou seja, da análise do próprio bem em si. Acredito que preço não deve e não pode ser o único fator a ser considerado na escolha da moradia. Há outros aspectos tão ou mais relevantes do que o valor a ser pago na moradia – que costuma, diga-se de passagem, ser o item mais caro, ou melhor, o passivo mais caro, dentro do orçamento doméstico.

Vamos, então, oferecer 5 dicas sobre quais itens vistoriar na escolha de um imóvel para comprar ou alugar. Vale lembrar que essa é uma lista apenas exemplificativa, portanto, se você souber de mais alguma, escreva na caixa de comentários!

O chuveiro tem aquecimento a gás ou elétrico?

Se a resposta for a segunda (aquecimento elétrico), verifique se o prédio em que você vai morar tem aterramento adequado. Isso fará com que você evite pequenos choques toda vez que tocar no registro da torneira. Em prédios mais antigos, as probabilidades de não haver aterramento adequado são maiores. Consequentemente, o serviço de um eletricista será quase obrigatório, encarecendo os custos de moradia.

As janelas e varandas dão vista… para o vizinho do prédio ao lado!?

Privacidade é um item que grande parte das pessoas gosta de prezar, e é muito desagradável você assistir televisão deitado no sofá da sala sendo… observado – ou potencialmente observado – pelo vizinho do prédio que fica ao lado. Ou então estudar em seu escritório… com a janela dando praticamente “na cara” da sala do apartamento do prédio vizinho.

Embora se saiba que a expansão imobiliária tem provocado o lançamento de edifícios que muitas vezes ficam praticamente “colados” uns nos outros, verifique as condições de privacidade oferecidas pelo apartamento que você está pesquisando. Você pode até não dar muita bola para esse detalhe durante uma vistoria, pensando que estará a maior parte do tempo no trabalho, o que é um fato. Entretanto, esse problema aparece de forma visível, literalmente, visível nos finais de semana, caso você opte por ficar em casa e não queira ficar com as janelas fechadas justamente durante o dia…

O banheiro/quarto/cozinha é iluminado por sol ou somente… por energia elétrica?

Será que você precisará ligar a luz elétrica em pleno sol do meio-dia? Alguns apartamentos possuem certos cômodos que, pela posição em que foram projetados e construídos, somente podem ser iluminados por luz artificial, e não por luz natural, o que ocasiona um aumento no consumo de energia elétrica e, portanto, mais gasto na conta de luz. Isso é mais comum com banheiros, mas pode ocorrer também em outros ambientes, como cozinhas e até alguns quartos.

Tal fato muitas vezes não decorre do prédio em si, mas sim da vizinhança, que pode ter sido “agraciada” com o levantamento de novos edifícios, fazendo sombra nos outros prédios, a ponto de impedir totalmente (ou quase totalmente) a iluminação natural de alguns cômodos. Por isso a vistoria pessoal nos apartamentos e prédios que você está pesquisando é tão importante.

A vaga de garagem é fácil de estacionar?

Esse é outro item para ficar de olho. Não só em função do espaço para estacionamento do carro, mas também para verificar se a vaga de garagem é coberta ou descoberta e, ainda, se ela é conjugada, ou seja, é compartilhada com a vaga de garagem de outro apartamento, numa situação onde as duas vagas ficam uma atrás da outra, e não uma do lado da outra.

Alguns estacionamentos são tão apertados que nem carros maiores, utilitários esportivos, como caminhonetes, conseguem entrar. É bom ficar atento a esse item, que muitas vezes passa despercebido numa vistoria ao futuro apartamento.

Proximidade com serviços: trabalho, supermercados, padarias, academias, restaurantes, farmácias, parques, linhas de transporte público etc.

Localização é o item talvez mais importante na escolha de um imóvel, seja para comprar, seja para alugar. Tanto é assim que muitas pessoas aceitam pagar mais caro por um apartamento bem localizado, do que num outro que, embora mais barato, seja mais distante dos serviços que gostaria de ter nas redondezas.

Por isso, é importante não apenas vistoriar o apartamento em si, mas também, e sobretudo, as redondezas. Esse passeio deve ser feito não apenas de carro, mas também a pé, para ter uma melhor noção da distância da moradia em relação a pontos de serviço que sejam mais úteis e interessantes para você. Ou você gostaria de ir de carro à padaria para comprar meia dúzia de pães?

Um software que pode te ajudar nessa pesquisa é o Google Earth, conjugado com o serviço Google Maps. Digite o endereço que você está pesquisando, e o software do Google lhe apresentará as opções de serviço disponíveis nas redondezas. Nem sempre o Google acerta com precisão o endereço exato do prédio que você está pesquisando, dependendo da cidade/região alvo de sua pesquisa, e às vezes falha na localização dos pontos de comércio próximos (muitas vezes feitos por terceiros), mas oferece uma ideia bastante interessante da localização do imóvel.

Conclusão

Como se vê, a escolha de um imóvel para morar exige bastante pesquisa e atenção aos detalhes por parte do futuro proprietário/inquilino. Estar atento a todos esses aspectos acima citados é um dos ingredientes fundamentais na escolha de uma boa moradia.

Quanto mais paciente você for na pesquisa, melhores serão os resultados ao final alcançados.

Boa escolha!

É isso aí!

Um grande abraço, e que Deus os abençoe!

Print Friendly, PDF & Email

,

9 Responses to 5 dicas sobre o que vistoriar na escolha de um imóvel para comprar ou alugar

  1. Jônatas 28 de setembro de 2010 at 10:27 #

    Bom dia Guilherme,
    Legal esse artigo. Ontem pensei em escrever sobre comprar ou alugar uma casa ou apartamento, mas não levando em conta valores meramente financeiros e sim valores de comodidade e emocional. Ontem apenas fiz algumas anotações, se tudo der certo será meu texto de sexta-feira.
    Muito boa essa interatividade dos blogs, meu texto será uma continuidade desse seu texto então.
    Valeu!

    Fica com Deus, abraço!

  2. Logan San 28 de setembro de 2010 at 10:39 #

    Bacana seu artigo. Permita-me discordar apenas num ponto. Imóvel não é um passivo, e sim um ativo fixo imobilizado realizável a longo prazo, pelo menos é esta a minha opinião.

  3. Guilherme 28 de setembro de 2010 at 11:47 #

    Ótimo Jônatas!

    Acho incrível essa sintonia fina que existe entre blogs. Aguardo seu post!

    É isso aí!
    Um grande abraço, e que Deus os abençoe!

  4. Guilherme 28 de setembro de 2010 at 11:48 #

    Olá, Logan.

    Interessante sua classificação sobre o imóvel. Gostei!

    É isso aí!
    Um grande abraço, e que Deus os abençoe!

  5. Zé da Silva 28 de setembro de 2010 at 13:31 #

    Tocasse num ponto que é o que mais me incomoda no apto que aluguei aqui no centro … vaga de garagem. 🙂

    É “tão bom” para estacionar nela … para entrar no pavimento garagem já é uma novela. 😉

    Abraços !

  6. Willy Fog 28 de setembro de 2010 at 13:57 #

    Hehehe como vc falou no texto no meu caso fui “agraciado” com um prédio alto bem na frente de onde moro que me rouba toda a luz do sol no período da manhã. 👿

    Abcs

  7. Guilherme 28 de setembro de 2010 at 23:11 #

    Zé, pois zé… 🙂 vaga de garagem pode se tornar um item dispendioso, ou “dificultoso” no aluguel de um apto….

    Por isso que um dos itens que avaliei na escolha de um apto foi a vaga de garagem. Sendo boa e fácil de estacionar, ganha muitos pontos na minha pesquisa. 🙂

    Willy, essas vizinhanças que fazem sombra de fato incomodam.

    É isso aí!
    Um grande abraço, e que Deus os abençoe!

  8. Luiz Antonio 29 de setembro de 2010 at 10:15 #

    Excelente artigo mais uma vez!! Acompanho o blog há vários dias já e hoje fiz meus primeiros comentários, ainda que sem acrescentar nada hehehe.

    Grande abraço!!

  9. Guilherme 2 de outubro de 2010 at 15:51 #

    Luiz, obrigado!

    Os comentários dos leitores sempre acrescentam! Fique à vontade para bater papo e conversar na caixa de comentários: é o espaço dos leitores!

    É isso aí!
    Um grande abraço, e que Deus os abençoe!

Deixe uma resposta

Powered by WordPress. Designed by Woo Themes