Definindo o futuro do blog: qual é a frequência de artigos que você gostaria de ler no Valores Reais?

Recentemente, recebi um email do leitor Jeferson, com a seguinte sugestão:

“Comecei a ler seu blog há um ou dois meses, mas parei logo de cara. Apesar disso, todo dia dou uma “folheada” nos artigos, procurando alguma informação que me pareça mais útil ou interessante do que a massa do texto, mas nunca mais li um artigo seu completo.

A causa não está na qualidade dos seus artigos, mas na quantidade! Eu devo ter lido uns 10 artigos completos seus, comentei uns dois ou três, mas como você posta todo dia E escreve MUITO em cada postagem, e além disso eu tenho outros blogs que gosto de ler, outras coisas que gosto de fazer além de ler blogs, responsabilidades de casa, e estudos pra minha pós, além do trabalho, claro, fica muito difícil acompanhar.

Como essas coisas são rotina de muita gente, e eu gosto de seus artigos, venho te deixar essa sugestão: escrever menos, seja escrevendo artigos menores, seja escrevendo com menos freqüência. Não posso dizer que isso vai agradar todo mundo, mas com certeza a muita gente vai”.

Eu gosto muito de receber feedback dos leitores, porque eles permitem fazer os ajustes necessários no blog, para que corresponda às suas expectativas.

Como o site é feito para o leitor, e pensando na utilidade e proveito das informações aqui contidas para o leitor, lanço a seguinte pergunta: qual é a frequência ideal de artigos que você gostaria de ler no Valores Reais? Uma vez por semana? Duas a três vezes? Todos os dias?

Eu pensei em fazer uma enquete, mas as respostas “padronizadas” poderiam não se encaixar no pensamento do leitor. Prefiro que cada um dê sua opinião na caixa de comentários do blog, com as respectivas razões, se possível.

É com base nas respostas que eu decidirei os rumos que o Valores Reais tomará. Se você quiser incluir algum comentário adicional sobre temas que gostaria de ler, também fique à vontade. É importante saber o que o leitor pensa a respeito, a fim de eu poder direcionar o blog de forma a fazer com que ele tenha mais afinidade com os interesses dos leitores.

Há vários artigos prontos para entrar no ar, mas todos eles serão suspensos a partir de hoje até que haja definição quanto à periodicidade de sua publicação.

Crítica, elogios, sugestões e reclamações: participe você também!

Lembro que, por ser um tema controverso, não será possível atender a todos, evidentemente. Haverá respostas para todos os gostos: uns irão querer um ou dois artigos por semana, outros irão querer um ou dois por dia. Moldarei o futuro do blog a partir daquilo que espelhar a vontade da maioria, e também levando em conta aquilo que for necessário para manter o blog com uma atualização dinâmica.

Por fim, quero pedir desculpas a todos os leitores pelos excessos cometidos, que podem ter mais dificultado do que ajudado na busca de informações sobre educação financeira e qualidade de vida.

Observação: se for seu primeiro comentário, ele estará na fila aguardando aprovação. Todos os dias, eu atualizo o blog, liberando os comentários. 😉

É isso aí!

Um grande abraço, e que Deus os abençoe!

Print Friendly, PDF & Email

65 Responses to Definindo o futuro do blog: qual é a frequência de artigos que você gostaria de ler no Valores Reais?

  1. klebiano 13 de junho de 2010 at 19:59 #

    oi, apesar de nunca enviar comentários eu leio todo dia as suas atualizações, enfim fica a dica.

    abraço

  2. Daniel 13 de junho de 2010 at 20:47 #

    Boa noite Hotmar! Eu venho acompanhando seu blog já faz um bom tempo – tinha começado pela sua série de artigos sobre programas de milhagem de cartões no blog Aquela Passagem. Apesar de ser um péssimo comentador (nunca comentei nenhum texto seu), gosto muito da qualidade dos mesmos (talvez por isso: dispensa comentários) e de toda forma imagino que você ainda tenha um grande caminho a trilhar nestas searas. Minha sugestão: escreva o quanto te agrada! Não vai resolver moldar seu estilo ao seu e-público, mesmo porque você nunca vai agradar a todos. Se for o caso, você pode colocar um texto “principal” com uma frequência menor (poderia até ser algo mais elaborado se você entender que vale a pena) e os outros textos você continua soltando conforme sua vontade e conveniência. Isso aí! Continue com o seu bom trabalho! Abraços!

  3. Fausto 13 de junho de 2010 at 20:58 #

    Não atenda aos pedidos dos leitores.Continue a fazer do seu jeito,pois te acompanho e notei que tens um prazer enorme em escrever e compartilhar; e tais qualidades é coisa rara hoje em dia.A resposta para essa questão não esta na mudança do autor, mais na seletividade dos leitores com o conteúdo que é compartilhado.O crucial é fazer do teu jeito pois assim vc vai estar congruente com o que escreve.

  4. Gabriel 13 de junho de 2010 at 21:09 #

    Eu particularmente acompanho o RSS todo dia. Agora, quanto ao Jeferson fica uma dica pra ele: Adivinha só, ninguém é obrigado a ler todos os posts… Que tal ler só os que você tiver tempo? Na boa, blog não é novela.

    Melhor resposta foi a do Daniel: escreva o quanto te agradar.

  5. Felipe 13 de junho de 2010 at 21:23 #

    Olá, não acompanho o site há muito tempo, mas desde que o faço procuro ler todos os artigos. De fato a grande maioria é longa e de qualidade e em geral faço uma leitura dinâmica, exatamente por tb ter pressa, afazeres e outros interesses como vc descreveu. O fato de ter menos artigos, ao menos para mim, não mudará muito as coisas, visto que no dia em que eu for ler, provavelmente também terei outras coisas atraindo minha atenção. Qdo me interesso mais, leio mais; do contrário, passo os olhos na idéia geral. Eu nunca comento os textos, até pq leio via RSS; este em especial vim no blog opinar pois creio que o mais importante é garantir a continuidade do seu trabalho, tão bem feito. Abraços

  6. Daniel 13 de junho de 2010 at 22:00 #

    Eu acho a frequência até mais baixa do que eu gostaria… Quando eu volto de um fim de semana longe da internet e vou olhar o reader, geralmente existem 20 posts novos na pasta dedicada a finanças e empreendedorismo. É a categoria que tem menos(algumas ultrapassam 400 posts facilmente) e é uma das que mais me interesso pra ler. Artigo nunca é demais. É sempre melhor postar em uma quantidade maior, afinal quem não quiser ler ainda terá escolha e se você diminuir o número, as pessoas que querem ler algo com mais frequência não poderão fazer o mesmo.

  7. Jeferson 13 de junho de 2010 at 22:24 #

    Jura, Gabriel? Nossa! Genial! Nunca tinha pensado nisso! Quer dizer que eu realmente não sou obrigado a ler tudo, é? Nossa! Francamente, viu? Precisa treinar um pouco mais pra chamar bem os outros de burro. Se eu escrevi é porque eu QUERO ler tudo, de tão bons que são os textos, mas não consigo.

    Além disso, pra quem perdeu porque ele achou melhor omitir, tudo o que vocês escreveram eu já tinha escrito ao Guilherme no meu e-mail. Meu comentário era apenas pra ele pensar a respeito, porque o blog é dele, e é a ele que mais deve agradar, não a mim ou a outros leitores (e isso tudo também estava escrito no e-mail). Se ele julgou bom pedir a opinião dos leitores, é porque ela é importante pra ele o bastante pra isso, e o blog significa muito mais pra ele do que simplesmente um meio de obter orgulho de si próprio. Pelo menos foi essa a mensagem que ele me transmitiu ao publicar meu e-mail cortado e abrir o assunto para o debate.

    De todo modo, pelo andar da carroagem dos comentários, provavelmente isso não deve ser mais importante, mas como ele pediu, fica a minha opinião: 2 a 3 posts por semana seria ótimo.

  8. davi 13 de junho de 2010 at 23:01 #

    não poderia concordar mais com o jeferson, já pensei em escrever pra vc mas não sabia como receberia essa critica então não postei, eu gostaria de ler todos os seus artigos mas a quantidade de postagens e quantidade de texto em cada uma não permite, acho que vc sozinho escreve mais do que o dobro do que a equipe q faz o dinheirama escreve hhehehehe

    abraços!

  9. Jônatas 13 de junho de 2010 at 23:54 #

    Olha, vou falar o que penso sobre um blog.
    Um blog é algo pessoal, deve lhe dar prazer. Eu escrevo quase diariamente no meu sobre assuntos variados. Eu gosto disso, gosto de colocar no “papel” o que penso sobre temas que gosto.
    Eu gosto de ler seus textos diariamente e sofro influência deles e de outros blogs que acompanho para criar os meus textos. Essa relação de interação entre os blogs é fantástica.
    Penso que: se você gosta de escrever deve escrever. Não importa quanto, só não escreva por escrever.

    Abraço

  10. Fernando 14 de junho de 2010 at 0:57 #

    Oi, Guilherme.
    Realmente o seu ritmo é alucinante (rs) e, confesso, não é fácil acompanhá-lo.
    Mas não reclamo, pois sei que, o dia em que eu quiser reler algum artigo, ele estará lá, e poderei encontrá-lo através do sistema de buscas do blog.
    Também sei que não preciso ler seus artigos na velocidade com que você os escreve – o importante é sempre buscar o conhecimento pois a educação financeira é um processo contínuo.
    Cada um tem o seu ritmo, tanto o escritor como o leitor, e acho que você deve seguir o seu. Se você tem essa capacidade de organizar idéias e expô-las na velocidade com que faz, isso indica que é altamente eficiente.
    Isso me serve como um exemplo, para que eu melhore a minha capacidade de leitura e assimilação de conteúdo. Tenho que procurar me nivelar com as pessoas que são mais rápidas, ágeis e eficientes, e não exigir que elas se adaptem à minha lerdeza.
    Portanto, escreva no seu ritmo mas não sacrifique uma boa noite de sono por causa de um artigo.
    Abraços.

  11. Alan 14 de junho de 2010 at 1:03 #

    Olá!

    Em tempo de microblogging e textos cada vez com menos palavras, é salutar haver um blog com opiniões aprofundadas muito frequentemente.

    Os assuntos discutidos aqui possuem tempo de vida muito grande. Se não houver tempo de ler hoje, leia amanhã pois ainda será relevante. Mesmo que ninguém tenha tempo, o importante é que o Google e demais engenhos de busca lerão, fazendo com que seus escritos sejam encontrados no futuro por outras pessoas além de seus leitores atuais 🙂

    Na era da (avalanche de) informação, administrar o tempo corretamente, distribuindo e filtrando as leituras diariamente é de suma importância.

    Após minhas considerações, ratifico a sugestão sensata do colega acima: escreva o quanto lhe agrada.

  12. Otávio 14 de junho de 2010 at 1:44 #

    A quantidade de posts diários é irrelevante. O que chateia é a prolixidade de alguns posts. É falar 1 kilo e dizer poucas gramas (ou nenhuma). “Concisão é a qualidade de dizer o máximo possível com o mínimo de palavras”.

    Em tempos de twitter, ganha quem tem maior poder de síntese e objetividade. E definitivamente, ao meu ver, esta não é a maior virtude deste blog.

    À gosto do blogueiro é bem diferente de crítica ao vício de linguaguem. Não confundir.

  13. André Tavares 14 de junho de 2010 at 6:24 #

    Olá Guilherme. Acompanho seu blog a algum tempo e gosto muito. Acompanho por volta de 20 a 30 blogs. Leio diariamente.

    Acho que você deve continuar a escrever na quantidade que você faz. Cada leitor tem que acompanhar pelo RSS e filtrar os artigos que deseja ler pelo titulo. Isso que eu faço. Normalmente eu descarto +- 10% dos artigos dos blogs que eu leio, só pelo titulo que as vezes é de algum tópico que não me interessa.

    PS: acabei de ver que um dos blogs que acompanho é o efetividade do Jônatas que comentou aqui também.

  14. José Carlos 14 de junho de 2010 at 10:48 #

    Ola Guilherme.
    Acompanho o blog, creio que a pouco tempo, talvez uns 2 meses. Gosto muito do conteúdo mas infelizmente leio apenas parte dos posts devido ao tamanho dos mesmos.
    Eu particurlarmente reservo diariamente de 1:00h à 1:30h para leitura de blogs, notícias, artigos e afins. Então tenho que apertar neste tempo tudo o que gostaria de ler, logo os textos menores ganham sempre a garantia de leitura 🙂
    Na minha opinião, de dois a três posts por semana seria o ideal e que não fossem muito longos.

    []’s

  15. Luana 14 de junho de 2010 at 13:15 #

    Sou freqüentadora assídua do seu site, e gosto muito (demais mesmo!)
    Eu já discordo do comentário do Jefferson sobre a periodicidade dos artigos, assinei o feeds e recebo o conteúdo publicado por e-mail….claro que não consigo ler todos, e nem todos os assuntos me interessam, por isso escolho aquele que quero ler e quando meu trabalho permite uma “folga” de alguns minutos.

    Muitos blogs que também acompanho e q em minha opinião deveria ter mais atualizações, e é esse o diferencial do seu blog.

    bom, espero que a opinião dos seus leitores ajudem sim a fazer um blog legal, mas meu conselho: siga seu ritmo, e se é assim que te faz feliz, vá em frente!!

    um abraço

  16. Claudio 14 de junho de 2010 at 13:17 #

    Olá, no meu caso, passava pelo blog só algumas vezes por mês, se tanto (não estava no meu roteiro diário), mas desde que passei a assinar os posts, faz coisa de 2 meses, leio-os todo dia.
    Cada um tem seu ritmo de escrita; desde que você consiga manter a qualidade dos posts (aliás, parabéns pelos artigos) acho que sempre vai encontrar leitores fiéis.

  17. Lucas 14 de junho de 2010 at 13:31 #

    Olá Guilherme, tenho acompanhado teu blog faz alguns meses mas nunca comentei em nada (porquê sou novato no tema e não tenho muito a acrescentar).

    Eu não li todos os seus posts detalhadamente (alguns por falta de tempo, alguns porquê o tema não me pareceu tanto interessante), mas os que eu li tem material muito bom!

    Eu particularmente não me importaria de ter artigos menores e mais sucintos, mas acredito que a opinião principal deve ser a sua. A qualidade dos artigos depende muito de você gostar do tema e de desenvolver um estilo próprio (ou seja, se você acha que só escreve bem com textos longos, vá em frente com textos longos).

    Falous.

  18. Evandro 14 de junho de 2010 at 13:38 #

    Olá Guilherme, tudo bem?

    A frequência em que você posta em seu blog está legal. Não tenho necessidade de entrar em seu site todo dia, pois eu recebo também em meu e-mail, isto é, já há ferramental para as pessoas se organizarem e lerem suas matérias. Por mim você não deve alterar em nada seu ritmo de postagem.

    Fique com Deus e boa semana!!!

  19. Carlos Eduardo 14 de junho de 2010 at 13:59 #

    Duas vezes por semana, no máximo. Assim, consigo ler outros blogs e sobra tempo para fazer as outras atividades.

  20. Glaucia 14 de junho de 2010 at 14:00 #

    Adoro seus artigos, leio todos via e-mail, não perco um, para mim não importa a quantidade mas sim a qualidade. E cada um sabe o tempo que pode dedicar a leituras… Pra mim um post diário continua sendo ótimo!

  21. Gui Rodrigues 14 de junho de 2010 at 15:04 #

    Eu acho que o blog vai muito bem exatamente como está, e eu só incentivaria um ritmo menor se a elaboração dos textos estivesse tomando muito do SEU tempo. A minha opinião é que menos textos tornarão o site menos atraente, afinal, existe sempre a opção de clicar no “entradas antigas” pra quem não pode acompanhar todo dia… Felizmente, pelos comentários, parece que a maioria pensa assim 🙂 Graaaaaande abraço! E solta esses artigos represados pra galera!!!

  22. Elvis 14 de junho de 2010 at 16:21 #

    De dois a três posts por semana. Abraço!

  23. puigllum 14 de junho de 2010 at 16:34 #

    Prezado Guilherme:

    Seria muito difícil, nós, leitores, estabelecermos o que deveria uma frequência ideal para recebermos os seus artigos, sempre muito pertinentes. Seria como procurar saber em quais dias da semana um jornal deveria ser publicado. Há leitores que só podem ler o exemplar de sábado; outros, o de domingo; outros ainda, os de terça ou quinta-feira. Então não há como estabelecer um consenso, pois, como o seu Valores Reais esforça-se por abordar uma grande diversidade de assuntos, não somente do mundo das finanças, algum artigo pode interessar mais, outros menos. Alguns são imprescindíveis para mim, outros nem tanto, mas podem sê-lo para o Jeferson.

    Lembro-me duma época na qual eu dispunha de muito tempo para leitura, quando eu tinha uma assinatura diária do jornal Folha de S. Paulo. Depois, o meu tempo começou a escassear, passei a assiná-lo para recebimento somente aos sábados e domingos. Hoje em dia, não posso mais assinar o jornal, mas compro-o quase todos os domingos, numa banca de revista. De tempos em tempos, ligam-se do setor de vendas da Folha, com o intuito de convencer-me a renovar a assinatura, mas eu não o faço. O funcionário não perde a oportunidade de perguntar-me se eu não gosto mais do jornal, a que eu respondo que continuo gostando dele, que não leio outro, mas que quero manter o privilégio de lê-lo somente quando houver realmente tempo para isso, para eu poder, inclusive, ler outras publicações que não sejam jornais. Livros, por exemplo. Ou ir tomar um sorvete com os meus filhos, sem me importar em ter que chegar cedo, senão não poderei ler o exemplar de hoje – e amanhã virá outro…

    Considero os seus artigos, em sua totalidade, interessantes, necessários, didáticos, em muitos aspectos, mas não os posso ler todos os dias, pois isso também depende do meu ritmo de trabalho. Há dias em que eu não fico um minuto sequer na frente do computador, então, não poderei abrir a minha caixa de correio, para descobrir sobre o que você discorrerá. Mas amanhã, sim, poderei. É quando eu aproveitarei para deliciar-me com as suas notas, sem nenhuma culpa por ter «perdido» o que você escreveu ontem.

    Saudações,

    puigllum

  24. Luis Otávio 14 de junho de 2010 at 18:16 #

    Hotmar, tudo bem ?
    Devo dizer que no começo, eu achei ruim os longos textos sobre resenha dos livros. Pensei: Pô, estamos em uma era mais dinâmica, coisa rápida. pá, pum!
    Porém, voltei ao blog porque a qualidade de seus posts é incomparável com outros sites. Texto com muito conteúdo e muita informação e é isso que falta aqui. Existem muitos sites sobre educação financeira só que todos com a mesma “lenga-lenga” como: Onde investir, qual gráfico analisar e todas as outras bobagens que estamos cansados de ler.
    Já o seu blog é diferente, trata de temas diferentes. Eu adoro seu blog, acho que você deveria escrever do jeito que você escreve, se você sente prazer assim, é assim que tem que ser pô! Fechado ?

    Abração.

  25. David 14 de junho de 2010 at 19:44 #

    Grande Guilherme!

    Acompanho o seu site desde o início, porque também acompanho o Clube do Pai Rico, e foi lá que conheci o site. Como bem foi dito por outros leitores, o tempo está cada vez mais corrido, e tudo é demais: trabalho demais, responsabilidades demais, trânsito demais… Mas seria esse um motivo para mudar a estrutura do blog? Textos curtos? Mais superficiais? Penso que não. O ritmo do blog não deve ser mudado por causa disso. Já existem blogs rápidos, com conteúdo rápido e que acabam por ficar superficiais demais. É o fast food da informação. Chegou, comeu, foi embora. Não se tem o prazer de degustar a leitura. De mostrar o texto para outra pessoa e perguntar o que ela achou ao “provar”… Estava gostoso? Salgado demais? Estava “ao ponto”? Quando eu chego do trabalho em casa, não quero ser rápido demais: já passamos o dia inteiro na correria, porquê correr quando deveríamos estar em ritmo mais lento? Gosto de chegar em casa, descansar, fazer boas leituras, ficar com namorada, tocar um violão, conversar com os amigos distantes, passear, fazer um prato diferente, fazer coisas que me agradam e que me sejam prazeirosas. A leitura do seu blog é uma delas. Guardo um tempo especial para a leitura dele, leio com calma, entendendo o assunto escrito. O mesmo carinho que você tem para escrever os posts (e acredito que você não escreva rápido (no mau sentido da palavra)), tenho também ao lê-lo, desfrutando os sabores da leitura, provando, analisando. Certamente que não vou gostar de todos os “pratos” (embore goste mais de 95% do “menu”), mas creio que outros o gostarão.

    Continue como está, ou mude caso pense que a mudança seja pertinente a você.

    Fica com Deus, abraço

  26. Sandro 14 de junho de 2010 at 21:54 #

    Se tens disposição e boa vontade para apresentar material rico, diversificado e inteligente de forma diári, deves manter a forma e freqüência que assim conhecemos. Se podemos, via arquivos digitais, buscar matérias e assuntos mais recentes ou antigos porque nos preocuparmos ?

    Quem quer ler diariamente, quem quer ler eventualmente ou quem quer quase nunca ler, assim o faça indo em sua barra de favoritos quando assim achar !

    O blog e seu material é apresentado de forma gratuíta e ainda tem camarada que “reclama” dizendo que os textos são longos e muito freqüentes….Preguiça ?

    Realmente, a gente sempre vê algo raro e impossível !

    Continue da forma que tem feito ! Muito obrigado pelo que acrescenta a todos que acessam tão boas páginas ! Parabéns !

  27. Flávio 14 de junho de 2010 at 22:16 #

    Guilherme, gosto de participar do seu blog e acho que a sua produção de comentários é fantástica. Leio todos, alguns com mais profundidade porque também sofro com o tempo curto. Você deve refletir se a quantidade está atrapalhando a qualidade das informações. Na minha sincera opinião, não está. Estou cadastrado como RSS reader, portanto não perco nenhum comentário. Leio-os quando posso, a preferência pela leitura cabe aos leitores.

  28. Rodrigo 15 de junho de 2010 at 7:11 #

    Bom dia!
    Eu acompanho seu blog a quase um ano, e acho seus textos muito interessantes. Quanto a frequencia no meu caso, eu tiro de meia a uma hora por dia para leitura de blogs. Eu acesso regularmente em torno de dez blogs, porem nem todos tem atualizações diárias. Para agradar a todos, você poderia manter a atualização diária e tentar diminuir a extensão dos textos, ou dividi-los em dois posts como você já fez em alguns casos.
    Um abraço e sucesso!

  29. Moisés 15 de junho de 2010 at 9:02 #

    Essa é nova! Normalmente as pessoas reclamam pela falta de posts.
    Realmente este blog é muito bem servido de textos. Tanto na qualidade quanto na qualidade.
    Minha sugestão é que continue assim (sempre dentro das tuas possibilidades) e quem não puder ler tudo na hora, que faça no seu ritmo.
    Grande abraço

  30. Edicléia 15 de junho de 2010 at 10:37 #

    Acho que você deve continuar escrevendo todos os dias, mas com textos mais curtos, como já foi sugerido.
    Um abraço e que Deus o abençõe.

  31. Isabel 15 de junho de 2010 at 12:27 #

    Não importa se os textos são longos, o que importa é conteúdo, e isso os textos têm. Superficialidade é o que mais encontramos atualmente.
    Também acompanho vários blogs – valores reais está entre os primeiros pois sei que sempre vou encontar novos textos- e é claro que alguma coisa acaba ficando para trás. Quando tenho mais tempo procuro por a leitura em dia, enfim, cada um tem que achar seu ritmo, continue com o seu.

  32. Otávio 15 de junho de 2010 at 19:43 #

    Pra mim está mais do que claro que o que se critica é eventual extensão textual e não a quantidade de posts (creio que todo mundo goste da quantidade, alías quanto mais melhor penso eu).

    Mas o que eu acho interessante é confundirem tanto tamanho de texto com falta de conteúdo ou superficialidade, como se só textos grandes tivessem conteúdo. Provavelmente nunca leram millor fernandes, provérbios ou até mesmo as parábolas de Jesus.

    Realmente, saber sintetizar é uma virtude, quase uma arte.

  33. Jeferson 15 de junho de 2010 at 20:26 #

    Concordo plenamente contigo, Otávio! Mas convenhamos, é absurdamente mais fácil e menos “doloroso” para o autor reduzir a freqüência dos posts do que mudar seu estilo de escrever. Prefiro que o Guilherme continue escrevendo textos longos com o prazer que tem em escrevê-los (daonde advém boa parte da qualidade dos textos) e publicá-los menos a ele tentar reduzir os textos, perder o prazer de escrevê-los e a qualidade acabar caindo.

    Mas realmente escrever sinteticamente é uma habilidade importante e que vale a pena se exercitar, pra todos nós.

  34. Simone 16 de junho de 2010 at 9:08 #

    Um absurdo o que esse rapaz escreveu, o blog sendo atualizado todo dia se torna bem melhor para o leitor.
    Continue escrevendo todos os dias. Os textos podem ser mais curtos, pois toma muito tempo textos longos, mas é essencial textos novos todos os dias!

  35. Clóvis Diego 16 de junho de 2010 at 11:46 #

    Pessoal,
    Vou ficar em cima do muro, com ressalvas…

    Eu acho que depende muito do leitor, porque o meu caso se enquadra no do Jeferson.
    EU, tenho mais uns 15 blogs cadastrados para leitura diária, porém só tenho 1 hora por dia de disponibilidade para isto. Ou seja, acontecia de eu começar a ler um artigo, e no decorrer da leitura ver o quanto ainda faltava, chegar a desistir por ser extenso mesmo.

    Entenda, mesmo que o artigo fosse bom e de meu interesse, era muito extenso para ler de uma vez, e como leio durante o trabalho, acontecia de eu retomar a leitura 2, 3 vezes. E isso se torna chato, não concordam?

    Acho válida a crítica (construtiva) do Jeferson. Não precisamos repreender o nosso amigo, pois onde fica a liberdade de expressão?
    Quem escreve qualquer coisa, está sujeito a críticas, e acredito que só o autor pode escolher se muda a forma de escrever…

    Abraço Hotmar!

  36. Ailton 16 de junho de 2010 at 13:58 #

    Primeiro, parabéns por receber um feedback de forma aberta e pública.

    Segundo, minha sugestão é que continue com o seu “estilo” ele é um dos seus principais diferenciais em relação aos outros blogs. E se há mais artigos aguardando serem postados, poste, pois teremos mais opções de leitura.

    Resumindo:

    Tamanho dos textos: Estâo ótimos.

    Atualização: Se possível aumentar.

    Lembre-se o seu blog é:

    “Blog sobre finanças pessoais, investimentos, educação financeira, frugalidade, qualidade de vida e assuntos correlatos.”

  37. Isabel 16 de junho de 2010 at 14:12 #

    Otávio, não confundo “tamanho de texto com falta de conteúdo ou superficialidade” o que eu quis dizer é que não importa se os textos são curtos ou longos e sim o conteúdo deles. Aliás, admiro, e muito, as pessoas com capacidade de síntese. O problema é que atualmente as pessoas estão num ritmo alucinado querendo o máximo de informação no menor tempo possível e quando se deparam com um texto mais longo desanimam, desistem. Para essas existe o twitter ;)!

  38. Victor biasi 16 de junho de 2010 at 21:23 #

    Olá hotmar, é minha primeira vez no site, e posso dizer algo: continuarei a visitá-lo, se as postagens continuarem constantes. É frustrante ver um site morto e ficar esperando atualizações. Bem, boa sorte, e está já nos meus favoritos. =D

  39. João 17 de junho de 2010 at 8:19 #

    Hotmar,

    Esqueça os outros. Seja você, apenas isso. Somente assim você dará o seu Melhor ! De que adianta ter textos curtos se seu forte é a dissertação ? Ou vice versa ? Então meu amigo, exerça o dom que Deus te deu ! Pense nisso !

    Abs

  40. Daniel Bolgheroni 17 de junho de 2010 at 11:18 #

    Acredito que muitos posts por dia faz os leitores se perderem um pouco. Principalmente quem acompanha outros blogs de qualidade também, como aqueles 24 que escreveu em um artigo.

    Acredito que o ideal seja de 1 a cada 3 dias.

    Um abraço.

  41. Denis Storti 17 de junho de 2010 at 17:26 #

    Realmente, não é fácil ler tudo todo dia. Pra isso existem as releituras. o/

    Mas você não escreve TANTO que não se possa LER, pois seus textos são objetivos e quando não são, é para facilitar a clareza do conteúdo.

    Uma vez por dia, e textos do tamanho DESTE POST ou um pouquinho maiores são perfeitos. Dividir em dois ou mais dias não seria ruim, afinal: Temos mais uns 15 ANOS de blog mesmo, até sua IF 😀

    Vejo sempre Dinheirama, clube do pai rico e valores reais e tenho que admitir que o seu é o melhor deles: é Objetivo e UTIL. Não que os outros não sejam úteis, mas no seu é colocada sua história e sua vida, e não só um artigo.

    Abraço.

  42. Thais Aux 18 de junho de 2010 at 14:32 #

    Todo mundo já falou e engrosso o coro: o blog é seu, você escreve o quanto quiser.

    O inferno são os outros!

    Bjs!!! E bom fim de semana! 🙂

  43. Gustavo 23 de junho de 2010 at 17:46 #

    Hotmar, concordo, voce deve escrever quando bem lhe aprouver. Eu náo leio todos os posts, mas aí é por causa de MINHA falta de tempo.

    Gosto muito de seus posts longos, hoje estamos numa época de superficialidade, e seu blog é uma excelente exceção à generalidade reinante.

  44. Guilherme 25 de junho de 2010 at 19:59 #

    Obrigado a todos pelos preciosos comentários! Acolhi a decisão da maioria, como podem ler no artigo Viva sua paixão!

    É isso aí!
    Um grande abraço, e que Deus os abençoe!

  45. gustavo 3 de julho de 2010 at 8:39 #

    Depende da sua disponibilidade. O conteúdo do site é gratuito, seria muito a gente exigir alguma coisa em relação a um cronograma dos artigos ou algo que o valha. Parabéns.

  46. Guilherme 4 de julho de 2010 at 15:46 #

    Valeu, Gustavo!

    É isso aí!
    Um grande abraço, e que Deus os abençoe!

  47. Monica Nunes 20 de outubro de 2010 at 9:51 #

    Adoro o seu blog, tá na minha barra de favoritos.
    Já tentei acompanhar outros blogs, mas ao abrí-lo cadê a notícia nova? Ninguém postou nada!!!
    O seu está ótimo, continue assim, trazendo dicas e orientações diariamente para nós leitores.

  48. Guilherme 21 de outubro de 2010 at 9:46 #

    Obrigado, Mônica!

    É isso aí!
    Um grande abraço, e que Deus os abençoe!

  49. Evertonric 23 de outubro de 2010 at 18:43 #

    Estou acompanhando seu blog há 2 semanas, o conheci no Dinheirama, e adoro a freqüência dos artigos, adoro ler, leio muito, mas detesto comentar….rsrsr…..escrever em geral não é meu forte, então, vc escreve o quanto pode e o quanto quer, que eu leio o que posso e o que quero, ok?

    Não se preocupe com nós aqui do outro lado, se preocupe com vc, sua saúde e sua familia.

    Abraços

  50. Guilherme 23 de outubro de 2010 at 22:35 #

    Obrigado, Everton!

    É isso aí!
    Um grande abraço, e que Deus os abençoe!

  51. Rafael 12 de novembro de 2010 at 15:35 #

    Já acompanho o site a algum tempo, mas este é meu primeiro comentário. Na verdade o que me motivou a escrevê-lo é dizer: não pare com a frequência!
    Adoro começar o dia lendo os principais jornais e também o VR!
    Continue com esse excelente trabalho.

    Abraço!

  52. Guilherme 12 de novembro de 2010 at 15:43 #

    Obrigado, Rafael! São comentários *CONSTRUTIVOS* como os seus que me motivam a continuar escrevendo no blog!

    É isso aí!
    Um grande abraço, e que Deus os abençoe!

  53. Willy Fog 22 de novembro de 2010 at 17:36 #

    Então Guilherme
    .
    Como já foi falado aí nos comentários, eu acho que você deve publicar os artigos na medida em que conseguir escrevê-los.
    .
    Abcs

  54. Guilherme 23 de novembro de 2010 at 7:27 #

    Ôpa, valeu, Willy!

    É isso aí!
    Um grande abraço, e que Deus os abençoe!

  55. Grupo SferaStockAnalysis 30 de dezembro de 2010 at 16:12 #

    Como seus artigos sao de qualidade eu peco que continue escrevendo. Dai cabe a cada um filtrar o que quer ler e o que nao interessa.

    abraco
    http://sferastockanalysis.blogspot.com/

  56. Gabriela 1 de janeiro de 2011 at 8:35 #

    Oi Guilherme, conheci seu site semana passada e consequentemente vários outros que você menciona em seus artigos. Adoro a forma como vc escreve, bem fácil pra quem tá começando agora. Desde que comecei li os artigos das 6 primeiras páginas do blog, tudo bem que tenho muito tempo livre, mas não é o meu tempo ou o de outros leitores que deve ditar a frequencia das suas postagens. Pq eu posso, leio quase todos (só pulo os que não me interessam), mas se não tivesse tanto tempo leriam os essenciais pra mim. Acredito que se a quantidade estivesse prejudicando a qualidade vc deveria repensar, mas esse não é o caso. Espero que continue postando diariamente ou até mais do que isso se possível.

    Que 2011 seja de muito sucesso para todos!

  57. Guilherme 5 de janeiro de 2011 at 11:34 #

    Grupo Sfera, obrigado!

    Gabriela, obrigado pelo comentário! Feliz 2011 pra vc tb!

    É isso aí!
    Um grande abraço, e que Deus os abençoe!

  58. ARTURPSL 19 de janeiro de 2011 at 15:33 #

    guilherme realmente vc escreve muita coisa… e em poucas semanas eu aprendi muito msm obrigado por vc colocar as coisas com tanta sabedoria, reconhcer seus erros ( como fez em alguns posts até virou serie ). Bom tem mi ajudado muito e acredito q vai ajudar muitas outras pessoas …

    talvez vcc poderia postar os cinco dias da semana e tirar o fds pra descançar e preparar mais novidades nos outros dias

  59. Guilherme 20 de janeiro de 2011 at 10:38 #

    Artur, obrigado, vou estudar suas sugestões!

    É isso aí!
    Um grande abraço, e que Deus os abençoe!

  60. Thiago 28 de janeiro de 2011 at 18:54 #

    Olá Guilherme.
    Já acompanho o VR há algum tempo. Depois que descobri seu blog, deixei de ler muitos sites que estavam em meu Google Reader, pois a sua informação atende totalmente as minhas expectativas e necessidades. Gosto da freqüência diária dos seus posts e não gostaria de passar nem um dia sem eles.
    Desde já agradeço toda a sua disposição e motivação em compartilhar com seus leitores , textos de alta qualidade e utilidade.
    Grande abraço

  61. dari 27 de março de 2011 at 2:46 #

    acho q no Br falta profundidade no assunto e seu blog tem essa profundidade,
    afinal num pais em que poucos leem nao e de se esperar que as pessoas gostem de
    ler sites longos….desculpem a franqueza mas a reaidade e essa.Pronto falei.

  62. Rosana 14 de julho de 2011 at 14:26 #

    Guilherme,
    Aprendi muito nos poucos artigos que li até agora pois conheci seu blog há umas 2 semanas. Todos tem excelente qualidade.
    Concordo com tudo que o Thiago falou, assino embaixo!
    Abraços e muito sucesso,

  63. Guilherme 15 de julho de 2011 at 10:44 #

    Thiago, dari e Rosana, obrigado!

    É isso aí!
    Um grande abraço, e que Deus os abençoe!

Trackbacks/Pingbacks

  1. Valores Reais » Viva sua paixão - 18 de junho de 2010

    […] como iniciar esse artigo sem expressar minha gratidão às mais de 40 pessoas que opinaram no meu último artigo publicado, no “longínquo” (rsrs) 13 de junho de 2010, comentando sobre a frequência […]

  2. Valores Reais » No hotel, tinha um plugue (para tomadas) no novo padrão… - 22 de agosto de 2010

    […] Dessa forma, vou dar um tempo para as resenhas dominicais, até as coisas normalizarem. Da mesma forma, não se assustem caso haja algum dia sem publicação de artigos. Tranquiliza-me o fato de que a maioria dos leitores me deixa à vontade para publicar na frequência que melhor se ajuste à minha disponibilidade, como verifiquei nesse artigo. […]

Deixe uma resposta

Powered by WordPress. Designed by Woo Themes