Não se prenda às circunstâncias, mas sim foque nos seus objetivos!

Quantas vezes na nossa vida nos deixamos levar por aquilo que é circunstancial, e por conta disso desviamos o foco daquilo que é realmente importante, ou seja, de nossos objetivos, de nossos sonhos, de nossas metas? Várias vezes, e isso é uma coisa até corriqueira. Inúmeros fatos de nosso dia-a-dia nos fazem perder energia e o foco naquilo que realmente nos interessa. Exemplos de situações circunstanciais que podem nos atrapalhar: uma “fechada” no trãnsito, uma notícia ruim da economia (que nada tem a ver com os fundamentos da empresa), mas que faz a cotação de sua ação despencar; uma crítica destrutiva (as construtivas são boas, porque nos ajudam a melhorar).

O surgimento de problemas temporários muitas vezes pode não ser controlado, mas a forma como reagimos a todos eles pode. Em outros termos: devemos concentrar o nosso foco não naquilo que é temporário, circunstancial e passageiro, mas sim na construção de nossos objetivos, sonhos e metas. É o nosso comportamento diante dos fatos que definirá o rumo de nossas ações.

Nos exemplos anteriores, levar uma “fechada” no trãnsito pode conduzir a pessoa a dois tipos de reação: ou ela concentra todas as suas energias buzinando, gritando e discutindo com a outra pessoa (que, na maioria das vezes, a gente não conhece), ou ela pode chegar à conclusão de que isso foi apenas uma circunstância que ocorreu, mas que não a fará deixar de percorrer o caminho até o destino final.

Da mesma forma, uma momentânea cotação em queda de uma ação, provocada por um cenário econômico ruim, não deve ser encarada como uma notícia triste – desde que a pessoa tenha pensamento no investimento a longo prazo e as notícias da economia não estejam ligadas aos fundamentos da empresa. Deve ser encarada, sim, como uma oportunidade para comprar mais ações a um preço mais baixo, para, quando o mercado se recuperar, a ação “ir no embalo”, se valorizar, e poder ser vendida a um preço mais alto.

Henry Ford, um dos maiores empreendedores de todos os tempos, tem uma frase que eu considero que se encaixa perfeitamente para ilustrar a mensagem desse artigo:

“Obstáculo são aquelas coisas assustadoras que você vê quando desvia seus olhos de sua meta”.

E ele tem toda razão.

Quando uma pedra aparecer no meio do seu caminho, não desperdice sua energia com ela. Mantenha-se firme em seus objetivos. Gaste seu tempo, seus pensamentos e sua atenção nas coisas que você quer alcançar. O que você quer é atingir seu sonho, cumprir a sua meta, ir até o destino final. Portanto, nada de ficar perdendo tempo com coisas sem importância. Bola pra frente, porque existem fatos importantes que requerem sua atenção, e mais, que precisam de sua atenção.

Canalize suas energias naquilo que fará a diferença em sua vida. O resto? Bem, o resto… deixe passar. Pois ele irá passar. 😉

É isso aí!

Um grande abraço, e que Deus lhes abençoe!

Print Friendly, PDF & Email

10 Responses to Não se prenda às circunstâncias, mas sim foque nos seus objetivos!

  1. Navarro 15 de dezembro de 2009 at 21:01 #

    hotmar, parabéns pelo post! Concordo em gênero, número e grau. Quando sabemos onde queremos chegar, a motivação para as mudanças aparece naturalmente. Defendo que as famílias tenham metas alcançáveis e fortes o suficiente para que possam usá-las em todas as ações do dia a dia.

    Gosto muito de duas frases, cujos autores não me recordo agora, que são parte do meu processo de automotivação:

    “Quem não quer fazer, arruma uma desculpa. Quem quer, arruma um jeito!”

    “Pessoas bem-sucedidas estão dispostas a fazer o que pessoas mal-sucedidas não querem fazer”

    Tenha uma ótima semana. Grande abraço do amigo.

  2. hotmar 16 de dezembro de 2009 at 7:49 #

    Conrado, muito obrigado pelos comentários! 😀

    São fortemente inspiradoras as frases q citastes! De fato, a motivação é a mola propulsora para que a pessoa possa sair do conforto dela, em busca de metas boas, mas alcançáveis, como vc bem afirmou!

    Obrigado mais uma vez pela honra de tê-lo aqui! Aliás, no momento estou ouvindo o podcast Dinheirama de ontem. Fantástico!

    É isso aí!
    Um grande abraço, e que Deus lhes abençoe!

  3. Renan 16 de dezembro de 2009 at 11:42 #

    É de extrema importancia saber administrar o próprio dinheiro, com isso você pode utilizar o http://www.organizze.com.br , é muito fácil!

  4. Maurício Katayama 17 de dezembro de 2009 at 1:16 #

    Excelent artigo, hotmar! De fato, tem gente que foca tanto no detalhe que acaba se esquecendo de ver o objetivo final. Hoje mesmo senti isso, fui duramente questionado sobre a estratégia de investir a longo prazo quando “não sabemos se a bolsa amanhã estará em alta ou em baixa”. O pessoal fica tão preocupado com o imediato que esquece de pensar aonde quer chegar.

  5. hotmar 17 de dezembro de 2009 at 7:56 #

    Grande Maurício, concordo com vc, o imediatismo acaba turvando a visão de muitas pessoas.

    É sempre uma honra tê-lo aqui nos prestigiando no blog! 😀

    É isso aí!
    Um grande abraço, e que Deus lhes abençoe!

  6. Henrique Carvalho 18 de dezembro de 2009 at 22:58 #

    Muito bom Hotmar!

    Uma visão imediatista, fungindo do foco no longo prazo através do cumprimento de metas, ainda predomina na sociedade brasileira. Todos querem tudo para agora, na verdade, para ontem.

    Acabam se esquecendo de planejar e traçar caminhos para chegar aos seus objetivos. A perda do foco no longo prazo acaba levando a decisões equivocadas além de esforço desnecessário e maior estresse.

    Grande Abraço!

  7. hotmar 19 de dezembro de 2009 at 10:45 #

    Exatamente, Henrique. Vc falou de um ponto muito importante, que é o imediatismo, um dos problemas da dificuldade das pessoas de focarem no longo prazo.

    É isso aí!
    Um grande abraço, e que Deus lhes abençoe!

  8. Rosana 19 de agosto de 2013 at 13:20 #

    “Obstáculo são aquelas coisas assustadoras que você vê quando desvia seus olhos de sua meta”.
    Gostei dessa frase!

    “Portanto, nada de ficar perdendo tempo com coisas sem importância.”
    Eu tinha o costume de fazer muito isso, ficar remoendo o dia inteiro algo que aconteceu de manhã, mas com o tempo comecei a perceber o quanto isso me prejudicava e também os que estavam ao meu redor.
    A mudança não foi fácil e hoje ainda tenho algum desses “maus dias”, mas quando percebo tais sentimentos em evidência, procuro reagir de forma positiva e não me deixar levar por tais pensamentos que agem como se fossem âncoras.

    Abraços!

    • Guilherme 20 de agosto de 2013 at 17:00 #

      Obrigado, Rosana!

      Realmente, mudar os hábitos é algo muito difícil, e que requer controle mental das nossas situações.

      Às vezes isso parece impossível, principalmente quando temos um dia “daqueles”, mas eu penso que as dificuldades servem justamente isso, para testar nossas virtudes e exercitar nossas forças.

      Abç!

Trackbacks/Pingbacks

  1. Valores Reais » Edição comemorativa de 200 posts: 20 artigos selecionados (+10) - 27 de março de 2010

    […] Não se prenda às circunstâncias, mas sim foque nos seus objetivos! Não deixe que problemas temporários façam você desistir da conquista de seus […]

Deixe uma resposta

Powered by WordPress. Designed by Woo Themes