A importância de acompanhar o extrato de sua conta-corrente

A construção de seu patrimônio depende, em boa parte, do relacionamento com instituições financeiras, principalmente os bancos. Afinal, é por meio dos bancos que normalmente recebemos os pagamentos de salários, e também fazemos nossos investimentos, além, é claro, de pagarmos nossas contas.

Por conta disso, é de suma importância acompanhar as movimentações na sua conta-corrente, pois é por meio dela que:

– O salário é creditado;

– Realizamos saques nos caixas eletrônicos;

– Ocorrem os débitos automáticos;

– Recebemos os dividendos de ações que temos em custódia, caso operemos com a corretora do banco.

E assim por diante.

Assim, por conta das múltiplas ocorrências que são realizadas na conta-corrente, é fundamental manter um controle periódico dos lançamentos que por lá ocorrem, não só dos já realizados, mas também dos lançamentos futuros.

Por exemplo: suponha que a fatura do seu cartão de crédito seja usualmente paga via boleto de cobrança bancária. Acontece que uma das opções do pagamento é justamente o débito automático, e pode acontecer de o sistema eletrônico do banco, por um motivo qualquer, fazer um lançamento em débito automático. sem a sua autorização Fazer o controle periódico da conta permite que esse lançamento futuro seja cancelado, e, assim, manter o pagamento do cartão pelo método desejado pelo cliente – no caso, boleto bancário.

Além disso, o controle periódico da conta-corrente permite também evitar que ela fique com saldo negativo, e, por via de conseqüência, evita também o uso do cheque especial, o qual, como todos sabemos, tem uma taxa de juros bastante salgada, o que torna bastante inconveniente o seu uso. Se você verificar a possibilidade de o saldo de conta-corrente ficar negativo, não use o cheque especial: pague os débitos usando o dinheiro depositado em sua reserva de emergências, como a poupança, por exemplo.

Desse modo, faça uma verificação constante de sua conta-corrente, para que ela não fique negativa, e você também tenha um melhor visão de suas finanças.

É isto aí!

Um grande abraço, e que Deus lhes abençoe!

Print Friendly, PDF & Email

7 Responses to A importância de acompanhar o extrato de sua conta-corrente

  1. Henrique Carvalho 3 de julho de 2009 at 9:08 #

    Hotmar,

    Belo artigo!

    Também acho muito importante acompanhar os extratos on-line, afinal é de graça!

    Esses dias mesmo vi nos lançamentos futuros uma cobrança de anuidade do cartão. Como está no débito automático falei com minha gerente e ela logo estornou o valor.

    Caso não tivesse feito um acompanhamento, mesmo que mensal, a cobrança seria feita…

    Abraços!

  2. Clóvis Diego 3 de julho de 2009 at 15:11 #

    Trabalho com os bancos Caixa e do Itaú, e os dois possuem o cadastramento de envio de mensagens via celular.
    Por exemplo, quando é debitado alguma quantia maior que 100 reais (que eu defini anteriormente) e enviado uma mensagem, ou transferências e saques no caixa também é alertado.
    Isto já ajuda bastante no controle, quando não é possível acessar o Internet Banking pra consultar.. vale a dica!

    Abs

  3. hotmar 4 de julho de 2009 at 21:03 #

    Henrique e Clóvis, obrigado pelas participações!

    De fato, Henrique, você lembrou muito bem, é de graça e pela Internet facilita mais ainda o controle.

    Clóvis, esse sistema de aviso por celular é muito útil, principalmente em situações como viagens.

    É isto aí!
    Um grande abraço, e que Deus lhes abençoe!

  4. Cássia 7 de julho de 2009 at 18:56 #

    Hotmar,
    Ótimo texto, gostei bastante e é a mais pura verdade! Quanto mais se fica em cima do extrato bancário é mais fácil controlar por onde o dinheiro está saindo. E hoje em dia os bancos oferecem muitas facilidades para os clientes em relação a isso.
    Abraço.

  5. hotmar 23 de julho de 2009 at 9:59 #

    Cássia, concordo com o q vc disse. O controle é fundamental para manter as finanças pessoais em dia.

    É isto aí!
    Um grande abraço, e que Deus lhes abençoe!

  6. Fernando H Rosa 29 de novembro de 2011 at 8:35 #

    Excelente artigo como sempre Guilherme. Como tenho muitas contas não consigo mais fazer um acompanhamento lançamento por lançamento, o que faço porém, é, ao final de cada mês, realizo um “fechamento” de todas as contas consolidando com meu acompanhamento de fluxo de caixa. Imprimo em PDF um extrato completo de cada uma das contas, somo todos os saldos e consolido em uma planilha. Esse valor final (saldo real no banco) tem que bater com o saldo em caixa previsto na minha planilha de fluxo de caixa. Se o saldo está muito próximo (diferença de centavos) eu lanço a diferença como um crédito para que fique zerada e considero o mês fechado. Se há uma diferença grande (centenas, milhares de reais), é porque algum lançamento foi feito de maneira incorreta na minha planilha, ou o banco cobrou alguma coisa indevida na minha conta. Nesse caso tenho um processo de investigação para descobrir o que ocorreu em qual conta, e só considero o mês fechado depois de mapear onde foi parar (ou de onde veio) o dinheiro faltante (extra).

  7. Guilherme 30 de novembro de 2011 at 21:57 #

    Fernando, excelente estratégia de monitoramento de fluxo de caixa!

    Ter controle da entrada e saída de valores é fundamental, e um acompanhamento preciso evita muitas dores de cabeça!

    É isso aí!
    Um grande abraço, e que Deus os abençoe!

Deixe uma resposta

Powered by WordPress. Designed by Woo Themes