O melhor da crise parece que já passou… mas ainda há esperança!

O modo como enxergamos os fatos influencia nossas decisões. E essa afirmação também vale para investidores. Quem enxerga a “crise como oportunidade” – como apregoavam (e acho que ainda apregoam) comerciais publicitários de corretoras de valores – aproveita momentos de oscilação na Bolsa para comprar mais ações. Assim, o “pior da crise” acaba sendo o “melhor da crise”, pois, quando a Bolsa se recupera, eles têm a oportunidade de venderem as ações e embolsarem o lucro – isso se quiserem, claro.

Se você fizer o que todo mundo faz, obterá os mesmos resultados que todo mundo obtém.

Dito de outra maneira, para o mercado de ações:

Se você comprar quando todo mundo compra, venderá quando todo mundo vende, e o resultado é certo: prejuízo.

Logo, para se destacar da multidão e se destacar, é preciso agir de modo diferente, ou seja:

Comprar quando todo mundo quer vender, e vender quando todo mundo quer comprar. Esse é um dos segredos do bom investimento em Bolsa

Mas a venda momentânea é opcional. Também é possível ficar com as ações durante um tempo maior, tirar proveito dos dividendos para comprar mais ações, e só vendê-las depois de 10, 20 ou 30 anos, quando elas tiverem se valorizado extraordinariamente.

Temos ouvido e lido muito ultimamente notícias alardeando que parece que o “pior da crise já passou”. Essa afirmação é feita a partir de um determinado ângulo, daqueles que estavam com investimentos em Bolsa e precisavam resgatar seus recursos justamente na época de maior turbulência, daqueles que viram os lucros das empresas caírem, os pedidos para a indústria recuarem, o nível de inadimplência aumentar etc. O pico da crise, que aparentemente ocorreu entre o terceiro trimestre do ano passado e o primeiro trimestre desse ano, apresentou números bastante desanimadores em praticamente todas as economias do mundo, incluindo quedas sucessivas de PIB e dos níveis de atividade industrial em diversos países, incluindo o Brasil.

Quem investe em Bolsa, e particularmente na Bovespa, sabe que oportunidades não faltaram entre outubro de 2008 e janeiro de 2009. Quando a Bolsa estava oscilando na faixa dos 30 a 40 mil pontos, e apresentava sucessivos circuit breakers, poucos eram os que se mantiveram firmes na estratégia de acumular ações – a maioria preferiu vender. Esse período foi um verdadeiro campo de testes para os investidores, e aqueles que foram pacientes, persistentes e disciplinados conseguiram suas recompensas, pois nos últimos meses o IBovespa conseguiu sucessivas escaladas, chegando até a superar a marca dos 50 mil pontos.

Nos últimos dias, no entanto, vimos uma queda no preço das ações. A Bolsa tá “teimando” em voltar para a faixa dos 40 a 50 mil pontos, o que sinaliza uma esperança, sobretudo para os investidores de longo prazo (5 anos ou mais) para conseguirem baixar ainda mais o preço médio de suas ações. Quanto mais os preços das ações recuarem, maior será o lucro futuro desses investidores, pois, quando a recuperação vier (e ela costuma vir a galope, quando menos se espera), aqueles que se mantiveram firmes em suas estratégias de construção de patrimônio de forma  lenta e gradual serão recompensados por uma ótima valorização de suas ações quando a economia retomar seu crescimento.

Ou seja, apesar de o melhor da crise ter passado, ainda há esperança!

É isto aí!

Um grande abraço, e que Deus lhes abençoe!

Print Friendly, PDF & Email

,

5 Responses to O melhor da crise parece que já passou… mas ainda há esperança!

  1. Luis Otávio 26 de junho de 2009 at 9:15 #

    hotmar, bela matéria!

    É igual aquele ditado: Japonês quando tem chuva ao invés de reclamar, ele vende guarda-chuva. Ele aproveita a oportunidade enquanto todos reclamam.

    Grandes abraços.

    Luis Otávio.

  2. hotmar 26 de junho de 2009 at 23:34 #

    @Luis Otávio
    Luis Otávio, valeu pelo suporte! De fato, o provérbio citado por vc se encaixa bem dentro daquilo que quero transmitir: às vezes é preciso fazer uma leitura diferente dos fatos para termos uma atitude positiva!

    É isto aí!
    Um grande abraço, e que Deus lhes abençoe!

  3. Investidor de Risco 24 de maio de 2012 at 21:32 #

    Estamos novamente vivendo o melhor da crise… é aproveitar as oportunidades!!! Nova fase de liquidação na bolsa de valores… para quem investe visando o longo prazo, não há época melhor…

  4. Guilherme 27 de maio de 2012 at 8:47 #

    Concordo, IR!

Trackbacks/Pingbacks

  1. Valores Reais » Julho: começo de mês, começo de trimestre, começo de semestre… - 1 de julho de 2009

    […] O interessante é que o tempo voa rápido, não é mesmo? Parece que ainda ontem estávamos comemorando a passagem de ano, e agora… estamos fechando 50% de 2009! Ou seja, metade do ano já se passou. Para quem, no começo do ano, como eu, esperava um ano tremendamente difícil, com possibilidades até de uma depressão na economia, viramos a metade do ano com perspectivas bem mais animadoras. Porém, para quem investe na Bolsa, como ressaltei em outro artigo, o melhor da crise parece que já passou… mas ainda há esperança! […]

Deixe uma resposta

Powered by WordPress. Designed by Woo Themes