Memorize suas senhas!

Ontem, abordei o tema da importância em saber lidar com números. E isso não vale apenas para o controle das receitas e das despesas, mas também de outro aspecto que é fundamental nos dias de hoje, onde a tecnologia desenvolve-se cada vez mais: as senhas.

Vou contar uma experiência pessoal: outro dia, fiz uma viagem ao exterior e me deparei com a necessidade de ter dinheiro em espécie para cobrir o pagamento de pequenas despesas. Fui ao caixa eletrônico mais próximo do hotel, e inseri o cartão de débito pré-pago Visa Travel Money, que tem, como uma das vantagens, a possibilidade de sacar dinheiro de caixas eletrônicos cobrando apenas uma tarifa fixa de US$ 2,50 (EUA) ou € 2,50 (países da Zona do Euro), independentemente do valor do saque, enquanto os cartões de banco costumam cobrar essa tarifa fixa mais uma porcentagem sobre o valor sacado.

Pois bem, e não é que, ao me deparar com a tela de digitação da senha, havia me esquecido de memorizá-la?

Resultado: tive que usar meu cartão de débito do banco para realizar a operação, o que acabou me onerando mais, pois, além de pagar a tarifa fixa, tive que pagar uma tarifa extra de percentual sobre o valor sacado.

Então aqui vai a dica para vocês: memorizem bem suas senhas do cartão, principalmente aquelas recentemente adquiridas, sob pena de terem que arcar com pagamentos de tarifas que poderiam ser evitadas com o simples ato de memorização.

É isto aí!

Um grande abraço, e que Deus lhes abençoe!

Print Friendly, PDF & Email

,

6 Responses to Memorize suas senhas!

  1. Willy Fog 18 de julho de 2010 at 19:07 #

    Muito interessante essa questão de senhas Guilherme. Você já pensou quantas senhas uma pessoa que use internet com frequencia tem que memorizar hoje em dia? Some emails, foruns, lojas on line, youtube, orkut, facebook, twitter, msn, skype, contas de banco, simuladores de homebroker, bancos virtuais como paypal, alertpay, pagseguroe por aí vai. Rapaiz, esses dias eu contei todas as senhas que tenho e olhe só, deu mais de 40. Sério mesmo.

    Eu tive que criar um sistema utilizando letras, números e caracteres com o qual nenhuma senha é igual a outra e que me permite saber exatamente qual senha preciso sem necessariamente ter que memoriza-la. É algo semelhante ao que aprendiamos na escola para decorar formulas, como por exemplo na equação dos gases ideais lembra? (P.V=n.R.T) (Palmeiras verdinho não resiste ao Timão). Até hoje não esqueci desta aí hehe.

    Desta forma se alguém descobrir alguma senha minha, as outras estarão protegidas. Agora já pensou o sujeito que usa a mesma senha para tudo? Hoje em dia acho isso muito arriscado. Eu vejo que é cada vez maior o número de senhas que as pessoas tem que guardar a cada dia que passa. Se aceitar a dica eu acho que você poderia desenvolver um pouco mais este tema e escrever um artigo sobre isso futuramente. Olha ainda não me sinto seguro com o sistema que criei de forma que ainda pretendo aperfeiçoa-lo. Infelizmente ainda existe pouco material a respeito disso na net.

    É isso aí. Abcs

  2. Guilherme 18 de julho de 2010 at 19:22 #

    Willy, muito interessante seu método!

    Eu também tenho uma vasta quantidade de senhas, e saber decodificá-las segundo nossos métodos pessoais é fundamental para garantia de segurança.

    Também sou da mesma opinião na questão de material sobre isso, e pretendo discorrer sim sobre esse tema em futuros artigos aqui no site.

    É isso aí!
    Um grande abraço, e que Deus os abençoe!

  3. Marcos 22 de abril de 2011 at 13:44 #

    Nossa, bem óbvio esse tópico, fiquei até decepcionado. é claro que você tem que guardar suas senhas… como é que você compra um cartão e esquece a senha?

    Ficou parecendo até aqueles blogs ou twitters da vida “acordei e fui tomar café. esqueci de por açucar!” 🙂

  4. Guilherme 25 de abril de 2011 at 18:47 #

    kkkkkkkk……….

  5. Rosana 4 de agosto de 2013 at 9:03 #

    Guilherme,

    Que pena você ter esquecido a senha do cartão… Isso já aconteceu comigo com uma poupança que quase não uso. No final o cartão foi bloqueado e tive que ir à agência para desbloqueá-lo… Na mesma hora anotei a senha em local seguro.
    Para memorizar mais facilmente as senhas que necessitam de troca periódica, eu troco apenas os números finais. Por exemplo, a primeira seria simplicidade01; a segunda, simplicidade02 e assim sucessivamente.

    Abraços!

    • Guilherme 4 de agosto de 2013 at 15:42 #

      Oi Rosana, pois é, esses contratempos acontecem de vez em quando.

      Muito boa a sua dica no final!

      Abç!

Deixe uma resposta

Powered by WordPress. Designed by Woo Themes