Renda passiva versus renda ativa

Você sabe o que é renda ativa? E renda passiva? Qual é a diferença entre as duas? E qual delas é a melhor para você?

Em linhas gerais, a renda ativa é aquela proveniente de seu trabalho, seja você profissional liberal, autônomo, servidor público etc. Quando você trabalha durante o mês, e, no mês seguinte, recebe seu salário, isso significa que você gastou seu tempo para obtê-lo. Ou seja, você trabalhou pelo dinheiro.

Já a renda passiva é aquela modalidade em que o rendimento independe de uma ação ativa por parte de você, ou seja, você não precisa trabalhar para obtê-la. Por exemplo, a renda de aluguéis por imóveis locados, a renda recebida por dividendos pagos por empresas das quais você tem ações, a renda proveniente de direitos autorais, a renda recebida em decorrência de juros de uma aplicação financeira. Ou seja, o dinheiro trabalha para você.

Um dos objetivos da independência financeira é fazer com que o montante gerado pela renda passiva seja suficiente para cobrir suas despesas mensais, de modo que você não precise, em tese, trabalhar para se sustentar. Trocando em miúdos, isso significa buscar formas de o dinheiro trabalhar por você, ao invés de você ter que trabalhar para conseguir dinheiro.

Um dia, você poderá ser forçado a deixar de trabalhar, e, por conta disso, deve buscar formar de  iniciar ou aumentar seus ganhos com a renda passiva. É claro que essa busca exige esforço, motivação, disciplina e estudo, muito estudo. Ou seja, exigirá de você uma postura ativa para conseguir… uma renda passiva. Pode parecer paradoxal, mas não é. Vale a pena buscar melhorar suas fontes de rendimento passivos. Isso lhe proporcionará segurança e estabilidade, e também uma melhor qualidade de vida. Wink

É isto aí!

Um grande abraço, e que Deus lhes abençoe!

Print Friendly, PDF & Email

24 Responses to Renda passiva versus renda ativa

  1. Ataides 21 de dezembro de 2009 at 11:46 #

    A Renda passiva foi uma das coisas mais importante que eu descobri. Graças a ela eu posso ter uma vida de qualidade.

  2. Guilherme 25 de maio de 2010 at 12:53 #

    Muito bem, Ataíde, continue assim. 😀

    É isso aí!
    Um grande abraço, e que Deus os abençoe!

  3. Mar´Junior 4 de julho de 2010 at 11:50 #

    Muito bom o texto, simples e objetivo!

  4. Guilherme 4 de julho de 2010 at 15:26 #

    Ôpa, Mar, valeu pelos comentários! 🙂

    É isso aí!
    Um grande abraço, e que Deus os abençoe!

  5. E. R. Júnior 6 de maio de 2012 at 15:43 #

    Parabéns, muito bem escrito.

    Jr.

  6. Guilherme 9 de maio de 2012 at 11:34 #

    Obrigado, Júnior!

    É isso aí!
    Um grande abraço, e que Deus os abençoe!

  7. Investidor de Risco 24 de maio de 2012 at 21:20 #

    Muito didática a definição, mas só pra provocar um pouquinho… o esforço para obter uma BOA renda passiva é bastante grande… estudar, entender, aprofundar, escolher e decidir, dá um trabalhão!!! heheheheeh

    • Guilherme 27 de maio de 2012 at 8:57 #

      Valeu, IR! E vc tem razão: o esforço é bastante grande…leva-se tempo e se requer muita dedicação… 🙂

  8. Mauricio Cascardo 24 de janeiro de 2013 at 17:34 #

    Excelente! Hoje a minha vida gira em torno da busca por renda passiva.

    Um dos pilares que tenho para isso é um negócio de Marketing de Rede, que vem me dando um ótimo resultado, muito melhor do que o esperado até. Pretendo utilizar esse negócio como sendo o primeiro de muitos, ele tem servido tanto para aprendizado financeiro quanto para gerar renda residual.

    O que você acha dessa opção? Indicaria alguma outra?

  9. Olivia Rangel 3 de fevereiro de 2013 at 23:39 #

    Oi, Guilherme. Obrigada por esclarecer sobre o assunto. Vc tem criado quais tipos de renda passiva pra vc?

    Achei alguns textos bacanas aqui: http://urbanteka.com.br/renda-passiva/. Alguém conhece mais sites sobre o assunto? Valeu!

    • Guilherme 26 de julho de 2013 at 12:54 #

      Olá!

      Basicamente:

      1) Aluguéis de fundos imobiliários;

      2) Dividendos de ações:

      3) Juros de títulos do Tesouro Direto e de produtos de renda fixa (CDB).

      Abç!

  10. Rosana 26 de julho de 2013 at 12:06 #

    Muito bom o seu artigo, ficou bem didático! [:)]
    Assim como o Ataídes escreveu nos comentários, a renda passiva também foi uma das coisas mais importantes que descobri.
    O caminho para se chegar até a independência financeira através dela é longo, mas acho que no final todo pequeno esforço feito valerá a pena!

    • Guilherme 26 de julho de 2013 at 12:52 #

      Obrigado, Rosana!

      Sim, vale a pena esse investimento na renda passiva. O caminho é longo, mas é recompensador!

      Abç!

  11. Cris Bazan 11 de novembro de 2014 at 7:44 #

    Excelente artigo Guilherme!!!

    Não podemos negar que uma renda passiva começa em uma renda ativa… rsrsrsr…
    Mas ao longo do tempo ela vira uma bola de neve que vai aumentando gradativamente, ao contrario da renda ativa que pára no momento em que vc encerra com a atividade, assim, vale muito o esforço de construir uma renda passiva…

    Temos a música, autoria, imoveis, investimentos, negócios escaláveis, marcas, marketing de rede (sério, claro), atualmente esse modelo cresce a cada dia e é a estrutura de alguns países, Franquias tbm são uma opção…

    Sem dúvida, pra toda renda passiva exige uma grande atividade no inicio…

    • Guilherme 17 de novembro de 2014 at 9:04 #

      Valeu, Cris!

      É preciso bastante “trabalho” para fazer a renda passiva crescer, afinal, como você bem disse, toda renda passiva começa com uma renda ativa…. 😀

      Abç!

  12. Joarez Pacheco 5 de dezembro de 2015 at 17:38 #

    Olá. Estou usando a partir deste mês as porcentagem de q recebo para melhor administrar meu salário. Por gentileza poderia me orientar como devido o meu salário. E poderia me explicar para q serve a divisão do q ganho e como investir?
    È claro que seria um favor e gentileza da sua parte me informar e sem custo ta bom meu amigo.
    Poderia por gentileza me mandar uma planilha de como divido uma renda de mil reais.

  13. Vinicius 2 de maio de 2016 at 14:16 #

    Boa tarde Guilherme! Sou estudante e curioso quanto ao que se define por educação financeira.
    Quero saber se sobre o que li, devo atrelar e chamar de ATIVO quando se refere a RENDA PASSIVA.

    Entendo que ATIVO lendo o seu artigo é o mesmo que RENDA PASSIVA.
    Estou errado?
    Obrigado.

    • Guilherme 2 de maio de 2016 at 15:06 #

      Boa tarde, Vinícius!

      Sim, seu raciocínio está correto, os ativos geram renda passiva. P.ex., ações (ativos) geram dividendos, títulos públicos (ativos) geram cupons de juros, fundos imobiliários (ativos) rende aluguéis, e assim por diante.

      Abraços!

  14. JC Ávila 10 de novembro de 2017 at 12:45 #

    – Muito boa explicação sobre renda ativa e passiva.
    Trabalhei durante 15 anos com um único foco,construir uma renda passiva.Com 47 anos consegui me aposentar sem depender do INSS.
    Hoje estou investindo em outra área de renda passiva,com um investimento muito pequeno dentro de poucos meses terei um retorno muito significativo.
    Se alguém quiser uma dica ,posso fornecer.
    Um grande abraço!

    • Diego 26 de dezembro de 2017 at 15:57 #

      Boa tarde JC Ávila!

      Poderia me dizer como começou a 15 anos atrás ?

      E hoje já com experiência e vivência no mercado de investimentos passivos, quais os primeiros passos que vc indicaria pra quem quer começar agora e tem cerca de 500 mensais para esse fim !?

      Agradeço sua atenção!

  15. Amós de Souza 6 de fevereiro de 2019 at 12:06 #

    Boa tarde, Guilherme!
    Gostei demais de sua explicação. Parabéns e mto obrigado pela ajuda.

  16. Manu 29 de julho de 2019 at 19:55 #

    Maravilhosa explicação, esclarecendo muito através dos exemplos e o quão útil é esse entendimento! Valeu!

  17. debora 4 de setembro de 2019 at 21:51 #

    Gostei do artigo e espero aprender muito, com estas orientações de finanças.

Trackbacks/Pingbacks

  1. Renda Passiva Residual Por Que Você Ainda não Tem Uma - 9 de maio de 2015

    […] bom exemplo de renda residual passiva é o investimento em ações, porém são poucos os brasileiros que se arriscam nesse tipo de […]

Deixe uma resposta

Powered by WordPress. Designed by Woo Themes